Cidade

Estabelecimentos poderão receber o selo “Niterói Amigo da Bicicleta”

Foto: Douglas Macedo

Mais uma ação de incentivo ao uso consciente da bicicleta foi lançado em Niterói. Desta vez, entra em circulação na cidade o Selo Niterói Amigo da Bicicleta. A iniciativa, lançada na noite de terça-feira (19), em solenidade na sala Nelson Pereira dos Santos, busca reconhecer estratégias de apoio ao ciclista e à cultura da bike por parte de iniciativas privadas.

O “Amigo da Bicicleta” é um local como restaurante, loja, empresa que promova o uso do transporte sustentável entre clientes e funcionários, com serviços específicos como bicicletários e paraciclos para o estacionamento, vestiários, além de descontos para quem chega de bike.

Foto: Douglas Macedo

Durante a solenidade, o prefeito de Niterói, Axel Grael, lembrou que o uso da bicicleta gera inúmeros benefícios, não só para os ciclistas, mas também para aqueles que não pedalam, como a redução do tráfego de carros nas ruas e da poluição ambiental. “Niterói saiu do zero na malha cicloviária e hoje somos referência na mobilidade ativa. Sempre mostramos que a bicicleta era uma alternativa viável na cidade, apesar de muitos não acreditarem. Além disso, há uma sinergia entre as políticas de sustentabilidade e o setor empresarial. O uso da bike vem crescendo na cidade, o niteroiense abraçou esta ideia que envolve toda uma cadeia produtiva com investimentos em infraestrutura para o ciclista e, também, no fomento dos negócios e do turismo”, enfatizou Grael.

Foto: Douglas Macedo

Responsável pela Coordenadoria Niterói de Bicicleta, Filipe Simões, contou que estão sendo mapeados locais na cidade que oferecem esses serviços específicos para os ciclistas. Ele destaca ainda que a criação do selo é uma das medidas previstas no plano municipal de cicloturismo.

“Os ciclistas normalmente são mais observadores nos caminhos percorridos e também sempre encontram mais facilidade para parar. Estudos recentes apontam que quem vai de bicicleta costuma visitar o local mais vezes e também acaba gastando mais. Os locais que aderirem ao selo, receberão a placa e adesivo para promoção, será listado em guias de cicloturismo da cidade e em sites institucionais da Prefeitura e aplicativos”, detalhou Filipe Simões.

No lançamento, cinco estabelecimentos receberam o selo, entre eles um hotel, um restaurante e uma agência de viagem, além de lojas especializadas no setor. A expectativa da Coordenadoria Niterói de Bicicleta é ter, neste primeiro momento, 25 estabelecimentos com a autenticação “Amigo da Bicicleta”.

“Vendo o crescimento do mercado de bikes, especialmente em Niterói, aliado à procura das pessoas por um estilo de vida mais saudável, veio a ideia de juntar as duas coisas que mais gostamos: bike e café. Foi assim que, em meio à pandemia, realizamos o sonho de nossa família. Hoje, nossa casa virou um point dos ciclistas. Tudo isso se deve ao grande investimento que a Prefeitura está realizando, aumentando a malha cicloviária da cidade. Nossa loja é integrada à nova ciclovia do Centro, que corta a Avenida Marquês do Paraná”, conta Fernanda Coura, que comanda o Fika Café ao lado do pai, Cláudio Silva, e foi um dos estabelecimentos que recebeu o selo no lançamento.

Para solicitar o selo, é preciso preencher um formulário que está disponível no Portal de Serviços da Prefeitura (https://servicos.niteroi.rj.gov.br). O procedimento é todo feito de forma on-line, e o responsável pelo estabelecimento só precisa ir à Prefeitura de forma presencial retirar o certificado depois de ser aprovado.

Os interessados devem cumprir alguns requisitos como apresentação de documentação em dia do estabelecimento e parâmetros específicos relativos ao incentivo à cultura da bicicleta, o bom acolhimento de ciclistas e de suas necessidades, respeito aos valores históricos e sociais, culturais e ambientais do município e a adoção de práticas sustentáveis e não agressoras ao meio ambiente.

Filipe Simões citou também que foi criada uma comissão permanente para gerir o selo com representantes da Coordenadoria Niterói de Bicicleta, Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Seden), Neltur, CDL e Firjan.

O selo terá validade correspondente ao ano de emissão e ao ano seguinte, devendo o estabelecimento manter as condições de atendimento ao regulamento durante todo o período de participação. A permanência no programa e o atendimento continuado aos requisitos serão avaliados através do relato de usuários do estabelecimento ou, caso necessário, através de visitas técnicas pelo órgão gestor e pela comissão permanente.

Também participaram da cerimônia de lançamento do selo, o presidente da Neltur, Paulo Novaes, o secretário municipal de Administração, Luiz Vieira, e o presidente da Firjan Leste Fluminense, Luiz Césio Caetano.

To Top