Brasileiro de Canoa Havaiana será disputado com 400 atletas em Niterói
Esportes

Brasileiro de Canoa Havaiana será disputado com 400 atletas em Niterói

Será disputado, neste final de semana, sábado, dia 2, e domingo, 3, o Campeonato Brasileiro de Sprint de Canoa Havaiana, na praia de São Francisco. O evento conta com a parceria da Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura Municipal de Niterói.

Ao todo 400 atletas de quatro estados se inscreveram no evento. Serão equipes do Rio de Janeiro, Distrito Federal, Espírito Santo e São Paulo e atletas de todo o Brasil que irão brigar pelas conquistas nas categorias 250m, 500m, 1.000m e 1.500m desde o juvenil passando por categorias de idades, paratletas e a principal que é a Open. Serão disputadas competições de OC6 (seis atletas) e V1 (individual). As provas começam às 6h de sábado nas fases eliminatórias e no domingo serão disputadas as finais a partir do mesmo horário.

Evento vale vaga para o Mundial de Londres em agosto.
Foto: Alan de Souza | Foco Radical

As equipes vencedoras estarão classificadas para o Mundial que será realizado em Londres, no mês de agosto.

O Rio de Janeiro virá bem representado pela equipe MPS, de Charitas, Niterói (RJ), campeã geral estadual, e de Cabo Frio com o Hee Nalu, bicampeões brasileiros, o Mana Brasil, também de Cabo Frio, o Kahu Paddle Club, da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, além da equipe de Brasília, o Canamama.

“Depois do sucesso do Campeonato Estadual, o Brasileiro promete. Niterói, que atualmente é considerada a cidade dos esportes no Brasil, principalmente nas modalidades aquáticas, vem se destacando, e a canoa polinésia é um exemplo. Antes do início da pandemia, a Secretaria apoiava 7 eventos de canoa por ano, em 2022 com retorno gradativo das atividades o número pode ultrapassar 10 campeonatos. A visibilidade nacional acontece naturalmente por Niterói possuir uma orla privilegiada que permite a definição de raias adequadas, cenário perfeito para realização de eventos desse porte que impulsionam o turismo e alavancam a economia da cidade” disse Luiz Carlos Gallo, secretário de esportes e lazer de Niterói.

Projeto social de Niterói coloca jovens atletas na disputa do Brasileiro

A categoria juvenil vai receber alunos do projeto social Kamuha Juruju Va´A, sediado na praia de Jurujuba, em Niterói, coordenado pelo capitão amador Douglas Moura. Os meninos Leandro e Kauã foram campeões estaduais nas categorias Sub 19 e Sub 16 e vão lutar pelo título nacional: “Temos várias histórias legais. O Leandro, morador do Morro do Estado, começou conosco no projeto Va´A nas escolas com 14 e 15 anos e hoje já é monitor em outra escola de canoagem . Giovanni é outro exemplo, trabalha na frente em Jurujuba, vende madeira para construção de barco , ele veio me perguntar sobre canoa havaiana, o convidei para remar, ele perguntou quanto era, falei que nada, e daí começou o projeto. Ele trouxe dois sobrinhos, um que é uma promessa, o Kauã , que disputa a categoria sub 16. Criamos uma rede de contatos e o Giovanni ajudou tanto que hoje virou monitor do projeto quando não estou em Niterói. Nosso trabalho é dar educação, formar os meninos e dar oportunidade no mercado de trabalho e nas universidades , além de fomentar o esporte”, disse Douglas.

O campeonato teve o apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Niterói, chancelado pela Federação Estadual de Canoa Havaiana do Estado do Rio de Janeiro (FCHERJ) e pela Confederação Brasileira de Va´a (CBVaa).

To Top
Secured By miniOrange