Pacote em Niterói prevê R$ 260 milhões para Saúde
Cidade

Pacote em Niterói prevê R$ 260 milhões para Saúde

A Prefeitura de Niterói lançou, na manhã desta quarta-feira (02), no âmbito do plano Niterói 450, um pacote de investimentos de R$ 260 milhões para a rede municipal de saúde. De acordo com a pasta, o planejamento inclui a reforma de 68 unidades, como o Hospital Getulinho, e o Orêncio de Freitas, além da convocação de aprovados em concursos públicos, fortalecimento da rede de atenção psicossocial e do Médico de Família. O evento, no Theatro Municipal de Niterói, contou com a presença de todo o secretariado. A Saúde é o primeiro eixo do Niterói 450, um plano que prevê 2 bilhões de reais em investimentos na cidade entre 2022 e 2024. O mote é ampliar e qualificar os serviços prestados à população niteroiense.

Niterói chega aos seus 450 anos em 2023, e para marcar o aniversário da cidade, a Prefeitura elaborou um extenso plano de investimentos: o Niterói 450. A expectativa do executivo é que o município tenha o maior volume de obras de sua história. Nesta primeira etapa, os investimentos foram divididos em três eixos: Saúde, Educação e uma nova e moderna região central para a cidade, o Centro 450.

O prefeito de Niterói, Axel Grael, lembrou que desde 2013 o município vem se destacando em rankings nacionais e internacionais, tanto na economia, quanto em qualidade de vida, na transparência e no meio ambiente. “Isso tudo está no bojo do projeto de cidade que nós temos, através do Niterói que Queremos, nossa carta de navegação. O Niterói 450 possui várias etapas, um dos maiores investimentos da história da nossa cidade. O foco nesta primeira etapa engloba Saúde, Educação e a entrega de um novo Centro. A estratégia de retomada da economia de Niterói perpassa diversas áreas e a Saúde é uma das nossas prioridades. Estamos comprometidos e trabalhando pelo aperfeiçoamento dos serviços de Saúde. Avançaremos com esse projeto de cidade, por uma Niterói cada vez mais humana, sustentável e com justiça social”, pontuou.

O vice-prefeito, Paulo Bagueira, frisou que o plano Niterói 450 prepara a cidade para as próximas gerações. “Estamos anunciando investimentos que são possíveis graças a um rigoroso planejamento dos últimos anos. Niterói está dando certo porque trabalhamos com seriedade, pensando sempre no cidadão”, disse.

O primeiro eixo, da Saúde, detalhado nesta quarta, inclui a reforma de 68 unidades de saúde do município, incluindo Hospitais, Programa Médico de Família, Unidades Básicas de Saúde, Policlínicas e Rede de Atenção Psicossocial. Serão destinados R$ 30 milhões ao Hospital Orêncio de Freitas, para a reforma do centro cirúrgico, ampliação dos leitos de CTI e implantação de leitos de cuidados intermediários. R$ 33 milhões vão para a municipalização do Hospital Municipal Oceânico Gilson Cantarino e também reformas para adaptações das instalações para a mudança do seu perfil assistencial. Mais R$ 33 milhões serão destinados à realização de obras emergenciais imediatas no Hospital de Jurujuba e posterior modernização completa de suas instalações.

Nesta quarta, já foi assinada a autorização de publicação do edital para obras em 4 unidades do Médico de Família (Ititioca, Maravista, Palácio e Ponta D’Areia) e do Hospital Psiquiátrico de Jurujuba. Mais da metade das obras previstas no pacote de investimentos começam ainda este ano. O secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira, explicou que o pacote de investimentos vai preparar a rede de saúde de Niterói para os desafios do século 21. “Esse é um robusto plano de investimentos para qualificar as unidades de saúde e melhorar a forma como nós atendemos o cidadão. Todos os países do mundo estão fazendo fortíssimos investimentos públicos porque têm clareza que gastar bem é gastar no lugar certo, para gerar qualidade de vida para a população. Traçamos esse planejamento enquanto lidamos com a maior crise desta geração, a pandemia da Covid-19. Estamos investindo em estrutura e pessoal, na reorganização de como o SUS cuida de seu povo em Niterói”, destacou.

Também subiram ao palco o deputado federal Chico D’Angelo; o secretário Executivo, Bira Marques; a secretária de Fazenda, Marilia Ortiz; e a secretária de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Ellen Benedetti. Todo o secretariado municipal participou do lançamento do plano, que vai envolver todas as esferas do governo.

Mais informações sobre o Plano Niterói 450 estão disponíveis em: https://niteroi450anos.com.br. Para a Educação, a prefeitura promete ampliação da rede, com construção de novas unidades escolares, reforma de escolas, ampliação do programa Poupança Escola e enfrentamento ao abandono escolar. No Centro 450, estão previstas obras que transformarão a região central da cidade, valorizando a ocupação territorial, o patrimônio natural e arquitetônico, gerando empregos e oportunidades.

To Top
Secured By miniOrange