Moradora de Niterói relata ter sido vítima do "golpe da panela"
Polícia

Moradora de Niterói relata ter sido vítima do “golpe da panela”

De acordo com a vítima um casal se passou por vendedores e comercializaram panelas de luxo falsas como se fossem verdadeiras

Uma moradora da Região Oceânica de Niterói, que preferiu não revelar sua identidade, afirma que caiu no “golpe da panela”, golpe este que já acontece em diversos estados. Em Manaus por exemplo, um caso aconteceu e a Polícia Civil do Amazonas emitiu um alerta para evitar que a população caia no golpe. Em São Paulo, uma mulher de 51 anos, moradora do Parque Novo Mundo, em Americana, gastou R$ 1,8 mil em um jogo de panelas falsificadas que foi vendido por um casal de estelionatários. De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela vítima, ela foi abordada no portão de sua residência, por um casal que estava dentro de um automóvel.

Com a moradora de Niterói o caso aconteceu nesta terça-feira (04), por volta das 15h30, no estacionamento do Sam’s Club, na rodovia BR 101, no Barreto, Zona Norte de Niterói. De acordo com o relato da moradora, ela e o seu marido tinham acabado de chegar ao estacionamento do estabelecimento, e assim que desembarcaram do carro, foram abordados por uma mulher e um homem, que estavam em um carro com duas crianças.

Na abordagem, o casal disse à moradora de Niterói, que eram representantes de uma marca de panelas de alto padrão e que estavam retornando de uma feira em Cabo Frio, na Região dos Lagos, e ainda restavam algumas unidades do jogo de panela premium, e como estavam em direção ao aeroporto, onde pegariam um voo para o sul do país, sem detalhar ao certo a cidade onde residem, precisavam se desfazer das panelas pois não teria como voltar com elas no avião. A vítima relatou que o casal estava em um carro modelo HB20 sedan, de cor branca, com duas crianças, e tinham sotaque do sul.

Segundo o relato da vítima, os vendedores são extremamente persuasivos e, após um longo processo de negociação, acabaram à convencendo a realizar a compra, com um desconto. Mas ao testar os produtos em casa, à vítima percebeu que o jogo de panelas não era o prometido.

“A moça nos levou até a mala do carro, abriu e mostrou a caixa, pegou uma das panelas, mostrou a funcionalidade, fez demonstração da durabilidade, jogando a tampa no chão, deu informações técnicas e me pediu para, através de um QR Code, ver o preço original no site. O valor que aparecia era de R$ 3.899,00 no site TemMagazine. Ela estava vendendo por 12 x de R$ 180,00. Motivada pelo desejo de ajudar e de também já ter visto e saber do preço do jogo de panela de alto padrão, resolvi comprar, fazendo em 12 x de R$ 160,00 que ‘negociamos’. Realizei a compra, mas ficamos com a pulga atrás da orelha. Quando chegamos em casa, ao abrir a caixa e verificar os detalhes, as panelas eram falsificadas – a caixa anunciava um modelo (Cusina d’oro Premium), mas, embaixo da panela tinha outro nome Diecast Cook. Ao procurarmos na internet, vários relatos do golpe da panela no Reclame Aqui, além de matérias por diversos veículos na imprensa, em vários locais do Brasil.” disse a vítima.

Agora a vítima disse que vai fazer o boletim de ocorrência e que tenta estornar a compra junto a operadora do cartão de crédito.

To Top
Secured By miniOrange