Mariana Bonifatti expõe “Milagre dos Peixes” em Niterói - Niterói
Cultura

Mariana Bonifatti expõe “Milagre dos Peixes” em Niterói

Mariana Bonifatti, artista plástica, faz vernissage de “Milagre dos Peixes”, no Espaço Casa Niterói (Av.Padre Natuzzi, 126, São Francisco, Niterói), no dia (28/10), quinta-feira, às 19h. A visitação será de segunda à sexta, das 8h às 20h, e sábados das 8h às 18h. Estarão em exposição as séries: “Aquarius” e “Pintando Música”.

Mariana nasceu em Mar Del Plata, na Argentina e, desde criança, desenvolve seu talento para a arte em múltiplas linguagens. Em 2008, quando chega ao Brasil, começa sua trajetória profissional e se torna uma artista multimídia como pintora, compositora, cantora e instrumentista.

Na Região Oceânica, em Niterói, onde mora desde 2012, montou seu ateliê e seu espaço de inspiração e criação. É ali, na vivência e no caminhar pela tecitura social da comunidade de pescadores de Itaipu, que ela se encontra e recria nas suas telas um pouco dessa única, bela e misteriosa biodiversidade da região.

Autodidata, uniu à sua obra várias técnicas e materiais, tendo como sua maior inspiração a música. A beleza e a expressão de suas pinceladas estão nas cores fortes, vivas e expressivas. Os resultados são criações marcantes, profundas, que encantam pelas nuances, pelas histórias, que transcendem linguagens artísticas. Da cor à sombra, os olhos sempre em destaque, Mariana se permite experimentar, brincar, explorar, várias possibilidades do seu fazer criativo, poético e visceral, mesclando texturas e técnicas, rompendo limites, estruturas e paradigmas.

Seu currículo é vasto e prestigioso: Suas obras foram usadas em três oportunidades como capa de CD de músicos do Brasil e Argentina. São da sua autoria dois murais no Rio de Janeiro, que são a “marca registrada” dos bares onde foram pintados. Colaborou com o carnaval do Rio, na GRES Unidos da Tijuca (2012) e Salgueiro (2019).
Mariana tem um espaço virtual na Galeria de Arte Sala Djanira, do Centro Cultural CEPERJ, no Rio de Janeiro, é uma artista mentorada pelo Atelier Bruno Portella e também faz parte do grupo de artistas do Artrilha, Produção Cultural e Editora.

Participou do Troop-Art e da Vogue Gallery Brasil; exposição individual ‘Pintando Músicas II’, no espaço Cultural “Terra Brasilis” de Santa Teresa, RJ ( 2009); exposição de Arte – Bikoo-ten, coletiva realizada no ICBA, Instituto Cultural Brasil/Argentina, no Consulado Argentino (2009); exposição coletiva da Academia do Tango do Brasil no 1º Salão de Arte e Pintura “Tango uma Paixão”, na galeria de arte do Clube Militar de Rio de Janeiro (2010; 20º  edição de Arte de Portas Abertas, com exposição coletiva no Centro Cultural Laurinda Santos Lobo, de Santa Teresa (2010); exposição Coletiva, Academia do Tango do Brasil, 2º Salão de Arte e Pintura “Tango, uma Paixão”, na Associação Brasileira de Imprensa do Rio de Janeiro; (2010; exposição de Arte – Bikoo-ten, coletiva realizada pelos pintores japoneses do Rio de Janeiro, no ICBA, Instituto Cultural Brasil – Argentina, no Consulado Argentino (2010); evento Mola, no Circo Voador (2010) na exposição coletiva “ENCAIXE-SE” (2011); exposição coletiva ¨Santa Teresa em Argentina¨, coletiva dos artistas de Chave Mestra no Consulado Argentino no Rio de Janeiro (2011); exposição Virtual da Galeria Sala Djanira, do Centro Cultural CEPERJ, (2021); exposição Itinerante da Vogue Gallery Brasil no Shopping Metropolitano da Barra da Tijuca (2021); série “El Baile” em exposição permanente na Vogue Gallery Brasil, RJ; exposição individual “Milagre dos Peixes”, das séries “Aquarius” e “Pintando Música”, no Espaço Casa Niterói (2021).

To Top