Hotel Emergencial de Niterói celebra o Outubro Rosa - Niterói
Geral

Hotel Emergencial de Niterói celebra o Outubro Rosa

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Economia Solidária organizou, para essa quarta-feira (20), uma manhã com atividades de música e informação sobre o câncer de mama em celebração ao Outubro Rosa. A ação faz parte das atividades do Hotel Emergencial que busca, não apenas ser um abrigo temporário, mas levar informação e instrução aos beneficiários. De acordo com a secretaria, atualmente o hotel conta com 64 acolhidos.

O secretário de Assistência Social e Economia Solidária, Vilde Dorian, destaca que é preciso trabalhar na conscientização das mulheres. “Além de um momento de integração, a atividade tem como objetivo conscientizar as mulheres sobre a importância do cuidado com a saúde. O câncer de mama ainda é um assunto tabu, sendo fundamental trabalhar na conscientização dessas mulheres sobre a necessidade de se prevenir contra a doença”, reforça o secretário.

As atividades terão início às 9h30 com apresentação do Quarteto Nina´s, oriundas da Orquestra de Cordas da Grota. Às 10h, será a vez da palestra intitulada “Mitos e Verdades sobre o Câncer de Mama”, com a fisioterapeuta Jéssica Malena Pedro da Silva do Instituto Nacional do Câncer (Inca-RJ), especializada em Oncologia e mestranda no assunto.

A programação segue com outra palestra cujo tema será “Dignidade Menstrual”, que será ministrada pelas representantes do Grupo Coletivo para Elas, a psicóloga Mariana Almeida e as advogadas Juliana Lopes e Rebeca Almeida.

A coordenadora do Hotel Emergencial, Marta Oliveira, explica que a proposta do hotel ao promover estes eventos é informar e auxiliar os usuários na busca pelos serviços. “Essa ação no hotel tem como objetivo a conscientização sobre o câncer de mama, chamando a atenção das usuárias para a prevenção e o tratamento adequado. O foco principal é nas mulheres, que são grande maioria nesses casos, mas há alguns casos de homens que também desenvolvem câncer de mama. A programação tem o objetivo de fortalecer as recomendações do Ministério da Saúde para o rastreamento e o diagnóstico precoce e desmistificar conceitos em relação à doença”, informa Marta.

To Top