Núcleo de Atendimento ao Empreendedor de Niterói abre inscrições para mentores - Niterói
Empreendedorismo

Núcleo de Atendimento ao Empreendedor de Niterói abre inscrições para mentores

O Núcleo de Atendimento ao Empreendedor de Niterói (NAE), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, está com vagas abertas para interessados em serem voluntários no seu Programa de Mentoria de Negócios. O programa quer conectar profissionais com ampla experiência na área de empreendedorismo (mentores) e empreendedores precisando de orientações para crescer seus negócios (mentorados). Um projeto piloto da iniciativa já reuniu, de forma remota, quatro mentoradas e uma mentora no mês de junho. As inscrições para ser mentor voluntário no Programa podem ser feitas em bit.ly/sejanossomentor.

Os mentores voluntários terão a chance de se conectar à rede do NAE, espaço de apoio e promoção de iniciativas que possam contribuir com o desenvolvimento do empreendedor. Além disso, poderão identificar oportunidades de parcerias, potencializar a formação de redes e a transferência de conhecimento e habilidades entre empreendedores, apoiadores e o ecossistema local. O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Américo Diniz, pontua que o programa será expandido ao longo dos próximos meses. A próxima rodada de mentorias deve acontecer em agosto.

“O trabalho de mentoria acompanha o alinhamento de Niterói como uma cidade de inovação, além de proporcionar aos empreendedores o aconselhamento com profissionais do mercado que vêm com experiência em desafios similares. Estamos começando esse processo agora, com a expectativa de chegar ao fim deste ano com duas vezes mais mentores do que temos hoje e três vezes mais mentorados”, destaca.

Professora de Engenharia de Produção da Universidade Federal Fluminense, Suzana Dantas Hecksher foi a mentora do primeiro grupo do Programa de Mentoria de Negócios. Suzana também é coordenadora do projeto “Escritório Escola de Engenharia e Design (E3D)”, selecionado para o Programa de Desenvolvimento de Projetos Aplicados (PDPA).

“A mentoria é uma porta de entrada para as várias opções que o NAE oferece aos empreendedores. O projeto piloto foi importante para que fosse definido um modelo para esse Programa. O primeiro encontro, com o grupo de mentorados reunidos, dando ao mentor a chance de ouvir de cada um o tipo de negócio que eles tocam e identificar as necessidades desses mentorados. No segundo encontro, esse mentor experiente dá orientações mais específicas e encaminha para outros projetos do NAE que possam contribuir para esse empreendedor. O Programa é também uma grande chance de mapear as necessidades desses empreendedores para o desenvolvimento local”, explica.

O projeto piloto contou com empreendedoras de nichos diversificados: crochê, doces, consultoria e bijuterias. A seleção de mentorados é feita usando o banco de dados do Núcleo de Atendimento. Dona da Moore Bijus, Livia Moore Figueiredo participou desse primeiro grupo.

“Participar da primeira Mentoria realizada pelo NAE, em parceria com a UFF, foi um grande presente que fervilhou minha cabeça com ideias possíveis de serem implementadas pelo pequeno empreendedor; além de ter aberto um canal com a UFF para novos projetos que agregam e ampliam o nosso negócio de forma concreta”, conta.

O NAE

Núcleo de Atendimento ao Empreendedor é um espaço inspirador e colaborativo para quem quer desenvolver, aprimorar ou iniciar negócios em Niterói. Além do coworking, o local também está abrigando a Casa do Artesão. Funcionando na Avenida Feliciano Sodré, 43, o casarão já abrigou uma unidade do Ministério da Agricultura e foi todo reformado pela Prefeitura com o objetivo de criar uma atmosfera que leve os empreendedores a promoverem iniciativas que contribuam para o crescimento do seu negócio, alavancando vendas, ou mesmo para aqueles que pretendem iniciar sua empresa e não sabem como agir.

To Top