No primeiro dia de vacinação em adolescentes, Niterói imuniza 227 jovens de 16 e 17 anos - Niterói
Cidade

No primeiro dia de vacinação em adolescentes, Niterói imuniza 227 jovens de 16 e 17 anos

A Prefeitura de Niterói aplicou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em 227 jovens de 16 e 17 anos com comorbidades e deficiência permanente, nesta quinta-feira (22), quando foi iniciada a imunização deste público-alvo. Durante a transmissão ao vivo nas redes sociais, o prefeito de Niterói, Axel Grael, destacou que a imunização dessas pessoas vai avançar de acordo com a disponibilidade de doses da Pfizer, atualmente a única com autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para aplicação neste grupo no Brasil. “Vamos continuar desenvolvendo este trabalho para que a gente avance também para este público que precisa dessa prioridade. A população pode buscar mais informações sobre as datas específicas de vacinação acessando as redes sociais da Prefeitura”, enfatizou.

Quando a cidade completar o calendário de vacinação das pessoas a partir de 18 anos, a cidade vai seguir com a aplicação de doses em adolescentes sem comorbidades. O secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira, lembrou que o grupo de jovens com comorbidades e deficiências permanentes é mais suscetível a formas graves da Covid.

Primeira cidade do Estado do Rio de Janeiro a iniciar a imunização deste público, o município está disponibilizando a vacina na Policlínica Carlos Antônio Silva, em São Lourenço, e no drive thru do Campus do Gragoatá da Universidade Federal Fluminense (UFF), em São Domingos.

Quem fizer parte do público-alvo deve buscar um dos dois postos de vacinação e apresentar documento de identificação, CPF, comprovante de residência e laudo médico indicando a condição clínica e a indicação de aplicação do imunizante da Pfizer. Serão vacinados os jovens com comorbidades ou deficiência permanente listadas no Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde.

“Muitas dessas condições estão ligadas a baixa imunidade, além da dificuldade de manter protocolos de proteção. Esses adolescentes e famílias viveram uma realidade muito dura durante a pandemia. Niterói pôde ampliar a imunização para essas pessoas porque já vacinou 80% da sua população acima de 18 anos. Após uma avaliação da disponibilidade de doses, vamos em breve anunciar a continuação deste calendário, até chegarmos aos 12 anos”, disse o secretário.

O prefeito anunciou, ainda, que no dia 31 de julho, Niterói vai realizar o Dia D de vacinação contra a gripe. No início de julho, a vacinação contra o vírus da Influenza foi ampliada para todas as pessoas a partir de 6 meses de idade. A decisão ocorreu após orientação do Ministério da Saúde (MS). Anteriormente, a imunização era destinada aos grupos prioritários definidos pela pasta. “É muito importante também neste momento de pandemia, que as pessoas se protejam contra a gripe, tomando a vacina”, disse.

To Top