Prefeitura de Niterói retoma Orçamento Participativo da Juventude - Niterói
Cidade

Prefeitura de Niterói retoma Orçamento Participativo da Juventude

Iniciativa estava suspensa por conta da pandemia de Covid-19

A Prefeitura de Niterói vai retomar o Orçamento Participativo da Juventude, que ficou suspenso por conta da crise sanitária causada pela Covid-19. Realizada em 2019, a iniciativa da Coordenadoria da Juventude ouviu jovens da cidade sobre a disponibilização de R$ 20 milhões para investimentos em 18 atividades, programas, projetos e ações. Ainda este ano, a Ocupação Cidadania Articulada (OCA) do Morro do Estado será reformada para viabilizar aulas de dança que já ocorrem no local, além de viabilizar a aplicação de novos projetos, tal como o Aprova Jovem presencial, um pré-vestibular social que já acontece online.

A iniciativa pioneira ouviu jovens de todas as áreas da cidade, com idades entre 15 e 29 anos, sobre a destinação de recursos em áreas como educação, empregabilidade, empreendedorismo, esporte, cultura e lazer. O prefeito de Niterói, Axel Grael, destacou que o Orçamento Participativo é um instrumento de fortalecimento da democracia participativa. “Em 2019, tivemos essa experiência de ouvir a juventude em todas as regiões de Niterói, para produzir um resultado em termos de prioridade para a cidade na leitura feita por esses jovens. Isso é muito importante para que façamos o exercício de entender como funciona o orçamento e como se define de forma democrática as prioridades para cada região, como fazer a mediação de pontos de vista em disputa. Com o Orçamento Participativo, estabelecemos projetos para vários pontos da cidade e vamos honrar com o resultado produzido na ocasião. Temos que dar continuidade a essas políticas públicas”, defendeu.

O coordenador da Juventude, Eduardo Oliveira, lembrou que foram realizadas plenárias em todas as regiões do município para que a juventude pudesse escolher o que considera a maior necessidade do seu bairro/região. “Em 2020, foi preciso repensar o foco da administração municipal para salvar vidas. É gratificante podermos pensar agora na retomada de projetos que têm compromisso com a juventude da cidade. Ainda em 2021 vamos entregar o primeiro projeto proposto pelo Orçamento Participativo de Juventude, a reforma da OCA”, adiantou.

Também participaram do encontro o Presidente Estadual da Juventude Socialista PDT, Matheus Novais, e o presidente do Ecotrabalhismo no Rio de Janeiro, Luis Moreira.

Foto: Bruno Eduardo Alves
To Top