Trânsito de Niterói sofre mudanças a partir desta semana - Niterói
Geral

Trânsito de Niterói sofre mudanças a partir desta semana

Desvios serão feitos para obras nos túneis Roberto Silveira e Raul Veiga, que ligam Icaraí e São Francisco; as intervenções serão realizadas de madrugada. Durante o dia, túneis continuarão abertos ao trânsito com duas faixas liberadas 

Os túneis Roberto Silveira (Icaraí-São Francisco) e Raul Veiga (São Francisco-Icaraí), na Zona Sul de Niterói, passarão por obras de manutenção. As intervenções começam nesta segunda-feira (19), a partir das 21h e, com isso, haverá alteração no trânsito em algumas vias de Icaraí. As intervenções serão realizadas de madrugada. Durante o dia, os túneis continuarão abertos ao trânsito com duas faixas liberadas ao tráfego de veículos.

O trabalho será realizado pela Emusa e terá início pelo túnel Roberto Silveira. Somente após o término da obra nesta galeria será iniciado o trabalho no Raul Veiga. A NitTrans fará a sinalização e a interdição dos trechos em obras e contará com operadores para orientar os motoristas sobre os desvios necessários. A interdição do túnel Roberto Silveira acontecerá entre 21 horas e 6 horas. Os desvios serão realizados apenas no horário da obra, com o objetivo de evitar transtornos no trânsito durante o dia.

O túnel Roberto Silveira é o acesso de quem está em Icaraí e deseja seguir para São Francisco. A galeria está localizada entre a rua Lemos Cunha e a Estrada Leopoldo Fróes. Durante as obras, o desvio do trânsito será feito pela Estrada Fróes. Os motoristas que estiverem na Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres deverão acessar a Estrada Fróes. Os ônibus que circulam de madrugada entre Icaraí e São Francisco farão o trajeto em uma faixa reversível montada dentro do túnel Raul Veiga. E para quem estiver na Rua Joaquim Távora e adjacências, será preciso retornar na Rua Lemos Cunha, que estará operando em mão dupla, e seguir para a Avenida Ary Parreiras.

Desvios

O presidente da Emusa, Paulo César Carrera, explica que o trabalho de manutenção prevê a recuperação das abóbadas dos túneis. De acordo com ele, será feita a limpeza com hidrojato em toda a abóbada, a verificação das estruturas e a perfuração para instalação de grampos tirantes com tela e jateamento em concreto.

“A previsão é que todo o trabalho seja feito em cinco meses. No túnel Roberto Silveira, a expectativa é que as equipes realizem os serviços em um período de até dois meses. Terminando esta galeria, iniciaremos as intervenções no Raul Veiga, que é um pouco maior, e devem durar aproximadamente de três a quatro meses. Será um trabalho que vai demandar a integração de vários órgãos da Prefeitura para que a gente possa concluir o serviço com o menor impacto possível na rotina da cidade”, enfatiza.

Quando as intervenções forem iniciadas no túnel Raul Veiga, que está localizado entre as Avenidas Quintino Bocaiúva e Roberto Silveira, e é o acesso para os motoristas que estão em São Francisco e seguem em direção a Icaraí, o desvio será feito com a implantação de faixa reversível com dois sentidos no túnel Roberto Silveira.

Neste sistema, os motoristas que estiverem na Avenida Quintino Bocaiuva irão acessar à esquerda a faixa reversível sentido túnel Roberto Silveira. Aqueles que estiverem na Rua Presidente Roosevelt deverão seguir até acessar a faixa reversível sentido túnel Roberto Silveira. Na saída da reversível, os motoristas deverão acessar a Rua Lemos Cunha, depois a Rua General Silvestre Rocha e, em seguida, a Avenida Roberto Silveira.

O presidente da NitTrans, Gilson Souza, ressalta que as interdições e desvios serão monitorados pelo Centro de Controle Operacional, em apoio aos 50 operadores que trabalharão na operação.

“Durante todo o período de obras, operadores da NitTrans estarão posicionados em pontos estratégicos para garantir a fluidez do trânsito. Os principais pontos serão as entradas e saídas dos túneis interditados, os acessos às faixas reversíveis e ao longo dos trajetos. Durante o dia, será feita fiscalização para garantir a proibição de estacionamento na Estrada Fróes”, afirma Gilson Souza.

To Top