Niterói como cidade referência de empreendimentos cervejeiros - Niterói
Empreendedorismo

Niterói como cidade referência de empreendimentos cervejeiros

O mercado das cervejas artesanais cresceu muito nos últimos anos. O Brasil possui o segundo mercado de cervejas mais inovador do mundo, segundo estudo da Mintel, Instituição de Pesquisas de Mercados e Negócios. Em Niterói o ramo está cada vez mais aquecido, somando atualmente mais de sessenta empreendimentos na área. Foi diante deste cenário que surgiu o projeto Circuito Cervejeiro de Niterói, lançado pelo Programa de Desenvolvimento de Projetos Aplicado – PDPA, da Prefeitura Municipal de Niterói, em parceria com a Universidade Federal Fluminense – UFF e a Fundação Euclides da Cunha-FEC.

“A UFF está empenhada em colaborar para que a sociedade e que Niterói supere esta crise social e econômica que o país enfrenta. Temos profissionais de alto nível envolvidos e trabalhando em soluções. O Programa de Desenvolvimento de Projetos Aplicado – PDPA, parceria construída junto a prefeitura, certamente trará resultados engrandecedores para os niteroienses, geração de renda, capacitação profissional e muito mais. O projeto Circuito Cervejeiro de Niterói é um entre vários exemplos de sucesso e exemplifica como conhecimento gera riqueza diretamente.” afirma o reitor da UFF, prof. Antonio Claudio Lucas Da Nobrega.

“O projeto proporcionará diretamente aos mais de sessenta empreendimentos voltados para o mercado de cervejas artesanais, entre fábricas, bares e pontos de vendas, condições de promoção da cultura cervejeira. Haverá a capacitação de profissionais para se tornarem multiplicadores da cultura cervejeira, tornando a cidade de Niterói uma referência nesse segmento.” afirma o coordenador do projeto, prof. Lélio Galdino Rosa, da Faculdade de Turismo e Hotelaria.

O vice-coordenador do projeto, o pesquisador Renato de Medeiros também explica que a criação do Circuito Cervejeiro de Niterói representa uma ótima oportunidade para ampliar a permanência de turistas na cidade “Roteiros turísticos temáticos têm-se mostrado um ótimo instrumento para promover o aumento do fluxo de turistas, ampliar o tempo de permanência destes na localidade e os gastos que que realizam. O valor despendido pelos visitantes se transforma em renda para o setor cervejeiro, divulgação das empresas inseridas no circuito e empregos para a população. Moradores da cidade também se beneficiam com a ampliação da oferta de lazer”.

Atualmente, o projeto já encontra-se com 50% das suas etapas concluídas: foram realizados os mapeamentos de todos os empreendimentos da cidade, a criação das rotas cervejeiras e selecionada a equipe que atuará nas iniciativas. Até o final de dezembro deste ano será concluído o restante dos procedimentos. “As próximas etapas serão os inventários dos estabelecimentos com visitas in loco, capacitação dos multiplicadores e a emissão de um relatório final.”

O projeto conta com uma equipe de profissionais das áreas de Turismo e Hotelaria, que se encontra regularmente, Prof. Lélio Galdino Rosa, FTH, Coordenador, Prof. Renato de Medeiros, vice-coordenador, Prof. Frederico Alexandre e Silva, Prof. José Carlos Dantas, Prof. Carlos Alberto Lidízia, Profa. Claudia Correa Moraes, Prof. Sérgio Domingos de Oliveira, UFRRJ, Alison Valladão, Bolsista de Mestrado em Turismo, Ana Beatriz da Silva, Bolsista de Graduação, Douglas Soares e  Rafaella Vieira, Voluntária de Graduação.

Para conhecer mais sobre o projeto acesse: o www.caminhoscervejeiros.com e instagram: @caminhocervejeironiteroi.

To Top