Niterói Solidária atinge a marca de 42 toneladas de produtos arrecadados - Niterói
Cidade

Niterói Solidária atinge a marca de 42 toneladas de produtos arrecadados

A campanha Niterói Solidária, que recebe doações para pessoas em situação de vulnerabilidade social na cidade, chegou a marca de 42 toneladas de produtos arrecadados. Os alimentos não perecíveis e itens de higiene e limpeza podem ser doados pela população nos postos de vacinação contra a Covid-19. Além de se imunizar, o doador ainda ajuda uma família que está em situação de vulnerabilidade social.

Nesta terça-feira (15), a primeira-dama Christa Vogel Grael, coordenadora voluntária do programa, esteve ao lado da segunda-dama, Raissa Machado, acompanhando a entrega dos kits na Apae Niterói, que atende cerca de 360 famílias, prestando atendimento social, de saúde e educacional. Antes da entrega das cestas, a instituição realizou uma palestra sobre segurança alimentar, com a participação de uma nutricionista voluntária. Junto com os kits, as famílias receberam um guia com dicas sobre alimentação saudável.

Christa Vogel Grael ressaltou que, através da colaboração dos niteroienses, a Niterói Solidária está conseguindo alcançar as famílias que mais precisam, em um momento desafiador como o da pandemia. “Estamos trabalhando intensamente nessa campanha de vacinação para, além de imunizar os niteroienses, estimular a solidariedade e arrecadar alimentos para fazer chegar à população mais necessitada. É um gesto de amor ao próximo. A Niterói Solidária também nos proporciona a oportunidade de conhecer mais de perto o trabalho das organizações da cidade, como estamos fazendo aqui na Apae Niterói”, afirmou.

Raíssa Machado destaca a importância da colaboração da população para ajudar quem precisa. “Neste momento tão difícil que vivemos, a solidariedade tem sido a esperança de muitas famílias. A campanha continua. Levem suas doações a um dos postos de vacinação e faça parte dessa corrida do bem”, frisou Raissa.

Para a presidente da Apae Niterói, Sônia Saraiva dos Anjos, a ajuda da campanha tem sido muito bem vinda no auxílio às famílias atendidas pela instituição. “É muito bonito ver todo o esforço que a Prefeitura de Niterói tem feito nesta pandemia, agora potencializando a solidariedade das pessoas para colocar comida no prato de outras famílias. Essa união é fundamental”, avaliou.

O secretário municipal de Direitos Humanos, Raphael Costa, lembrou que já foram entregues pela campanha 2.671 kits para famílias carentes de Niterói. “Essa visita a Apae mostra que é muito importante que a população de Niterói siga abraçando a campanha, colaborando para que, juntos, a gente consiga combater a fome e promover a solidariedade em tempos de pandemia”, analisou.

Moradora de Santa Bárbara, Rita de Cássia Paulista, de 61 anos, recebeu um dos kits nesta terça-feira. “Eu e meu marido estamos desempregados. Minha filha tem Síndrome de Down e recebia o BPC, o que ajudava muito na alimentação dela, mas foi suspenso em dezembro. É uma ajuda muito grande, principalmente para a minha filha, que precisa de uma alimentação saudável”, disse.

Foto: Berg Silva
To Top