Esperança para Niterói: Vacina Sputnik V pode ser aprovada pela Anvisa - Niterói
Cidade

Esperança para Niterói: Vacina Sputnik V pode ser aprovada pela Anvisa

Especificamente sobre a situação atual do processo para aprovação da Sputnik V, em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia nesta terça-feira (11) o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, disse que o pedido de autorização da vacina está parado na Anvisa, aguardando informações da União Química. Apesar das observações, ele pediu que, caso o imunizante seja aprovado, a população não desconfie da segurança. “O que conclamo àqueles que nos assistem é que, tão logo essa situação seja resolvida – e esperamos que seja resolvida –, não se credite a essa marca, a esse nome, a essa vacina [Sputnik V] nenhuma característica ruim”, completou.

Antonio Barra Torres justificou que a última negativa do pedido de autorização excepcional para a importação do imunizante russo se deu, entre outros pontos, ao fato de a Anvisa não ter recebido um relatório técnico capaz de comprovar que a Sputnik V atende a padrões de qualidade e que o adenovírus usado para carregar o material genético do coronavírus é capaz de se reproduzir. O Fundo Soberano Russo, responsável pela Sputnik V, enviou à Anvisa documento em que nega a presença de adenovírus replicante em amostras da vacina.

Frente Parlamentar pela vacinação de Niterói enviou carta aberta ao Fundo Soberano Russo

O presidente da Frente Parlamentar pela Vacinação contra a Covid-19 em Niterói, vereador Binho Guimarães (PDT), manifestou ao Fundo Soberano Russo, no final de abril, disponibilidade para cooperar com os trâmites legais exigidos pela Anvisa para aprovação da vacina Sputnik V. A Prefeitura de Niterói assinou um contrato para adquirir 800 mil doses da vacina, quantidade suficiente para imunizar rapidamente todos os niteroienses que ainda não foram vacinados.

Binho Guimarães (PDT)

“Estou à disposição para cooperar em termos de documentação e esforços para que os requisitos da vacina sejam atendidos e possamos adquirir, assim que possível, as 800 mil doses fundamentais para imunização de toda a população da cidade” disse o vereador Binho Guimarães, que no dia (28/04), durante a sessão plenária na Câmara Municipal de Niterói, leu a carta aberta enviada aos russos.

A Sputnik V é uma vacina registrada em mais de 55 países. O ensaio clínico foi realizado em mais de 31 mil voluntários. Os ensaios demonstraram 90% de eficácia da vacina na imunização.

Prefeitura de Niterói acionou a Justiça para Anvisa autorizar Sputnik V

As prefeituras de Niterói e Maricá entraram com um pedido na Justiça Federal para solicitar que a Anvisa libere a aplicação da vacina Sputnik V nas duas cidades. A tutela de urgência foi pedida em conjunto pelas procuradorias gerais dos dois municípios. A intenção do recurso é que, caso a Anvisa não se manifeste em tempo hábil pela negativa ou pela autorização da aplicação, os municípios possam comprar as doses e distribuir de forma autônoma.

To Top