Rodoviários de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Tanguá decidem por paralisação dia 26 - Niterói
Cidade

Rodoviários de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Tanguá decidem por paralisação dia 26

Rodoviários de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Tanguá decidiram, em plebiscito, concluído na tarde desta sexta-feira (16/04), realizar uma paralisação no dia 26 de abril, em protesto pela não inclusão da categoria no calendário de grupos prioritários para vacinação contra o Covid-19, por parte do Governo do Estado e prefeituras, além de exigirem maior empenho do Governo Federal na aquisição dos imunizantes. De um total de 1.558 participantes, 1.481 optaram pela deflagração do movimento, 64 foram contrários e 13 votaram em branco.

Nesta segunda-feira (19/04), o Sindicato dos Rodoviários de Niterói a Arraial do Cabo (Sintronac) comunicou às empresas, à Justiça e às autoridades do Estado e dos municípios a decisão da votação, de acordo com a Lei 7.783/89. Uma carta aberta à população será publicada para explicar os motivos do protesto. O dia 26 de abril foi estabelecido como marco para a paralisação, pois a data foi escolhida pelas prefeituras do Rio de Janeiro, Niterói, Maricá e Itaguaí para o início da vacinação de categorias profissionais.

O Sintronac informou que pretende estender o movimento para os demais municípios de sua área de atuação, além de iniciar conversações com sindicatos dos rodoviários da capital e da Baixada Fluminense para que estes participem da mobilização, além de metroviários, ferroviários e trabalhadores das Barcas.

To Top