Niterói Solidária ultrapassa 5 toneladas de alimentos doados pela população - Niterói
Cidade

Niterói Solidária ultrapassa 5 toneladas de alimentos doados pela população

A Prefeitura de Niterói entrega, nesta sexta-feira (16), 115 kits montados com as mais de 5 toneladas de alimentos recebidos através de doações voluntárias da população e entregues durante a vacinação da Covid-19. A Campanha Niterói Solidária foi lançada no dia 7 de abril e começou a receber alimentos há uma semana. As doações são recebidas nos postos de vacinação e, toda semana, entidades da sociedade civil receberão kits com os itens recebidos que irão para famílias que não estão assistidas por nenhum programa de mitigação dos efeitos da pandemia que são ofertados pela prefeitura.

A campanha é uma iniciativa da Prefeitura, que vinha recebendo mensagens de pessoas que queriam ajudar. Diversos órgãos estão envolvidos diretamente na logística da operação, como os voluntários da Defesa Civil, os agentes da Secretaria de Direitos Humanos, da Assistência Social, de Conservação e Serviços Públicos, das administrações regionais e da Ordem Pública, onde os alimentos são armazenados.

Somente nesta sexta-feira (16), a campanha recebeu cerca de duas toneladas de doações, arrecadadas em campanhas em duas escolas da rede privada do município: o Colégio Marly Cury e o Instituto Gay Lussac.

Coordenadora voluntária do Niterói Solidária, a primeira-dama Christa Grael ressaltou a importância da solidariedade para atravessar esse momento. “Temos percebido que a população abraçou a Niterói Solidária. Em uma semana, já superamos as cinco toneladas de doações, e estamos hoje iniciando a entrega, distribuindo kits para cinco instituições. Somente nesta sexta-feira, recebemos uma grande doação de duas escolas da cidade, o Colégio Marly Cury e o Instituto Gay Lussac, que fizeram captação de alimentos e nos trouxeram o que foi arrecadado. Estamos muito gratos por esse reforço e esperamos ter o máximo de adesão possível para que a nossa campanha consiga atingir cada vez mais pessoas que estão necessitando de ajuda nesse período crítico”, afirmou.

Nesta primeira entrega, cinco instituições que atendem a população em vulnerabilidade social receberão os Kits. A Casa Maria de Magdala, no Sapê, que atende adultos internados no local portadores do vírus HIV, o Grupo Espírita Messe de Amor (Gema), em Santa Rosa, atende crianças e adolescentes, Ministério Antióquia, Piratininga, que atende adolescentes, já retiraram os itens. O Grupo Espírita Paz, Amor e Renovação (Gepar), em Piratininga, que atende comunidade de baixa renda do Cafubá (adjacências da lagoa), e a Igreja Presbiteriana Betânia, em São Francisco, que atende crianças do entorno, farão a retirada dos kits na segunda (19).

Os kits contêm arroz, macarrão, feijão, farinha, fubá, leite, açúcar, sal, óleo, café, enlatados e biscoito (podendo ter variação de acordo com as doações). A ideia é que uma vez por semana, sejam montados kits com o montante doado para serem entregues para diversas instituições que fazem trabalhos sociais.

“Sabemos que a fome é uma das maiores violações de direitos, por isso a Secretaria de Direitos Humanos está priorizando a campanha Niterói Solidária. Esta iniciativa do prefeito com a adesão da imensa solidariedade da população está sendo essencial no combate à pobreza neste momento de pandemia e crise nacional”, destacou o secretário municipal de Direitos Humanos, Raphael Costa.

Os itens arrecadados serão distribuídos por entidades da sociedade civil para a população mais carente da cidade. Podem ser doados alimentos e produtos de limpeza e higiene como arroz, macarrão, feijão, leite, enlatados, sabonetes, álcool, desinfetante etc. As doações podem ser feitas de segunda a sexta, das 8h às 16h, nas policlínicas da Engenhoca, São Lourenço, Vital Brazil, Barreto, Itaipu, Piratininga, Clube Central (Icaraí) e no Drive Thru no Campus da UFF no Gragoatá. Aos sábados, das 8h às 12h, no Drive Thru e em duas das policlínicas regionais.

To Top