MPRJ instaura Inquérito Civil para apurar se técnica de enfermagem cometeu improbidade na aplicação de vacina em idoso em Niterói - Niterói
Saúde

MPRJ instaura Inquérito Civil para apurar se técnica de enfermagem cometeu improbidade na aplicação de vacina em idoso em Niterói

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Saúde da Região Metropolitana II, instaurou na última sexta-feira (19/02), Inquérito Civil para apurar fatos decorrentes da aplicação irregular de doses da vacina contra a COVID-19 em Niterói. O objetivo é verificar se uma técnica de enfermagem do município cometeu ato de improbidade administrativa ao simular, durante a campanha de vacinação, a aplicação da vacina em um idoso.

Na promoção do Inquérito Civil, destaca a 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Saúde da Região Metropolitana II que chegou ao seu conhecimento que, no posto drive-thru instalado no campus da Universidade Federal Fluminense (UFF), bairro Gragoatá, um idoso foi ao local na companhia de familiares para ser vacinado e, um parente teria filmado a ação e notado que a técnica de enfermagem não aplicou a dose da vacina.

O texto ainda relata que, após o ocorrido, o senhor foi procurado pelas autoridades de saúde do município e devidamente imunizado. O Conselho Regional de Enfermagem do Rio também recebeu a denúncia contra a profissional e abriu procedimento para averiguar se houve conduta irregular. Além disso, a 76ª Delegacia de Polícia instaurou Inquérito Policial para apurar as circunstâncias do ocorrido.

Desta forma, será realizada a análise do vídeo disponível da aplicação da vacina para verificar se há indícios de edição fraudulenta, de fraude no procedimento e a técnica utilizada na aplicação. A técnica de enfermagem também será ouvida para prestar os esclarecimentos relativos à situação.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top