Aliança Francesa Niterói recebe exposição “Se o Brasil me fosse contado”

A Aliança Francesa Niterói recebe a exposição “Se o Brasil me fosse contado” da autora-ilustradora Béatrice Tanaka, hoje, às 19h. Com mais de 40 livros publicados em vários países como França, Brasil, Alemanha e Estados Unidos,  Béatrice retrata, por meio de seus trabalhos, a diversidade cultural do mundo por meio de contos populares, narrações, mitos e lendas. A inspiração vem do legado de várias gerações de babás, avós, contadores de histórias e ilusionistas. A mostra pode ser visitada de segunda a sexta, das 8h30 às 20h e, aos sábados, das 9h às 12h.

Especialista em cultura popular brasileira e figura simbólica da literatura infanto-juvenil, a ilustradora nasceu na Romênia, hoje Ucrânia, e veio para o Brasil em 1947. Cursou línguas modernas e pedagogia,  na Faculdade de Filosofia de Minas Gerais, e desenho, na Escola de Guignard (1947-1950), ambas em Belo Horizonte. Béatrice viveu mais de 50 anos entre as cidades de Paris e Rio de Janeiro. No período que esteve na capital francesa, estudou teatro, na Sorbonne e na Université du Théâtre des Nations. Béatrice  é autora de contos, áudio-livros, livros de atividades, peças de teatro, ensaios, e escreveu principalmente em francês. Ela trabalhou também em revistas para jovens na França, Grã-Bretanha e nos Estados Unidos. Em 1955, ela casou-se com o pintor brasileiro de origem japonesa Flavio-Shiró Tanaka, passando a adotar o sobrenome do marido na assinatura de seus trabalhos.

 

 

Local: Aliança Francesa de Niterói – Rua Lopes Trovão, 52 (2º andar)
Vernissage: 29 de novembro (quinta-feira), às 19h
Visitação: De 30/11/18 a 29/03/19. Segunda a sexta, das 8h30 às 20h, e aos sábados, das 9h às 12h
Entrada franca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline