Arte na faixa chama a atenção de quem passa na Amaral Peixoto

Intervenção artística no Centro de Niterói é parte da programação da Virada da Mobilidade, na agenda da Semana Nacional do Trânsito

A esquina da Avenida Amaral Peixoto com a Rua Visconde do Uruguai, no Centro de Niterói, amanheceu diferente. As listras brancas da faixa de pedestre receberam um efeito 3D e agora parecem flutuar sob os pés de quem as atravessa e diante dos olhos dos motoristas que param seus veículos no semáforo vermelho. Os retângulos viraram cubos e ganharam vida pelas mãos dos artistas Marcos Alves, Brenno de Castro e Luiz Jabal Murbach.

A intervenção artística é parte do projeto ‘Arte na faixa’, que integra a programação da Virada da Mobilidade, agenda de eventos programada para a Semana Nacional do Trânsito, que acontece em todo o Brasil entre 18 e 25 de setembro, e que em Niterói tem uma extensa programação.

Divulgação

A chefe do Departamento de Educação Para o Trânsito da empresa pública municipal Niterói Transportes e Trânsito (NitTrans), Priscilla Rocha, conta que o convite aos artistas surgiu da necessidade de chamar a atenção para o respeito à sinalização horizontal de trânsito.

“Identificamos que esta faixa de pedestres, na Amaral Peixoto, é a menos respeitada entre aquelas que estão em vias de grande movimento da cidade. E o desrespeito parte de todos: motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres”, disse Priscila Rocha.

Programação – A agenda da Virada da Mobilidade para o fim de semana começa com um dia de atividades no Horto do Fonseca, no sábado (22). Por lá a programação para as crianças começa às 10h, com contação de história e apresentação do palhaço Epaminondas. À tarde haverá programação para toda a família: às 14h tem início a peça teatral ‘Recontando o Pequeno Príncipe’, e às 16h roda de samba com o grupo Coisas da Antiga. Tudo gratuito.

Os amantes do transporte em duas rodas se reunirão na Concha Acústica, no Centro, às 10h, também no sábado para um passeio motociclístico ao longo da orla da cidade, até a praia de Piratininga, onde haverá um show de rock com a banda Gurisom.

Domingo (23) é a vez de os ciclistas se reunirem para um passeio ciclístico. O evento começa às 8h, na Concha Acústica, no Centro, vai até o Cafubá e volta para São Francisco, pelo túnel Charitas-Cafubá, com término na Praça do Rádio Amador.

Quando a noite de domingo chegar, às 18h, as paredes do Museu de Arte Contemporânea de Niterói (MAC) se transformarão em tela de cinema, onde será exibido o documentário “Elo perdido – o Brasil que pedala”. Logo após o documentário, a diretora do filme, Renata Falzoni, participa de roda de conversa com o público sobre a os brasileiros que preferem utilizar a bicicleta como principal meio de transporte.

Foto: Luciana Carneiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline