Niterói adere à Virada da Mobilidade

Cidade é a primeira do estado do Rio de Janeiro a integrar a agenda nacional voltada à Semana Nacional do Trânsito

Pela primeira vez a cidade de Niterói participará da agenda de atividades da Virada da Mobilidade, movimento criado com a intenção de debater o trânsito e o transporte nos grandes centros urbanos do Brasil. O município é o primeiro do estado do Rio de Janeiro a integrar o movimento, que terá agendas na cidade por ocasião da Semana Nacional do Trânsito, que já faz parte calendário anual da cidade, sempre entre 18 e 25 de setembro. Mas este ano, em Niterói, a programação será tão extensa e com tantas novidades que terá início no sábado (15). Entre as atividades se destacam café da manhã com ciclistas, oficinas de criação de histórias em quadrinhos, intervenções artísticas nas faixas de pedestre e visitas guiadas ao Centro de Controle Operacional da Prefeitura de Niterói.

O presidente da NitTrans, Coronel Paulo Afonso Cunha, explica que a agenda da Semana Nacional do Trânsito é voltada à conscientização para o respeito às leis. “Respeitar as leis e normas é uma atitude cidadã. E as ações educativas no trânsito mostram que o comportamento dos pedestres, ciclistas, motociclistas, passageiros e motoristas é uma questão de cidadania. Mudanças simples de atitude levam à diminuição do número acidentes. A partir da maneira como nos comportamos nas ruas, avenidas e estradas, todos nós podemos contribuir para a redução da quantidade de vítimas do trânsito”, diz Paulo Afonso.

A programação tem início hoje, dia 15, Na Biblioteca Parque de Niterói, onde acontece contação de histórias e oficina de criação de histórias em quadrinhos, tudo com temática voltada ao trânsito. No dia seguinte instrutores da Escola Bike Anjo Niterói estarão no Caminho Niemeyer ensinando as pessoas a transitar corretamente de bicicleta em meio ao trânsito.

 

Arte e mobilização – Para a ação ‘Arte na faixa’, a NitTrans convidou artistas a realizarem pinturas em três faixas de pedestre da cidade, com o objetivo de chamar a atenção de pedestres, ciclistas e motoristas para a necessidade de respeitar a sinalização horizontal de trânsito. As intervenções acontecerão na Miguel de Frias, em frente ao Colégio São Vicente; na esquina da Amaral Peixoto com Visconde de Uruguai; e na esquina da Marechal Deodoro com Marquês do Paraná.

A Nittrans oferecerá cafés da manhã a ciclistas nas esquinas da Roberto Silveira com Domingues de Sá; da Amaral Peixoto com Visconde de Uruguai; e no bicicletário da Praça Arariboia. O objetivo é conversar com ciclistas sobre seus direitos e deveres, e distribuir material didático a pedestres e motoristas, mostrando a importância em respeitar os ciclistas.

Segundo a chefe do Departamento de Educação Para o Trânsito da NitTrans, Priscilla Rocha, a ideia é esclarecer, conscientizar, sensibilizar, fazer refletir e mobilizar a população. “As ações realizadas visam mobilizar a sociedade para refletir sobre a importância de um comportamento responsável no trânsito, conscientizar as pessoas sobre os riscos de acidentes por atitudes irresponsáveis e sensibilizar sobre os índices de mortos e feridos no trânsito brasileiro”, destacou.

 

Tecnologia e informação – Nesta edição haverá dois circuitos de visitação em datas e horários variados, ambos voltados a estudantes das redes pública e privada da cidade. De forma inédita a Prefeitura de Niterói e a Nittrans vão abrir as portas do Centro de Controle Operacional (CCO Mobilidade) para visitação guiada. Durante a visita os estudantes aprenderão como funciona o monitoramento do trânsito da cidade e assistirão a uma palestra de Educação Para o Trânsito. Já o Circuito Ponte oferecerá às crianças a oportunidade de conhecer o centro operacional da Polícia Rodoviária Federal na Ponte Rio-Niterói e o Museu da Ponte; ver de perto viaturas, motocicletas, ambulâncias e guinchos usados na operação viária da ponte; e ainda assistir a uma sessão do Cinema Rodoviário.

O diretor administrativo da NitTrans, Braz Colombo, fala sobre o esforço que a Prefeitura de Niterói vem fazendo para modernizar o sistema viário da cidade. “Instalamos um moderno sistema de semáforos inteligentes, que vem ajudando os agentes de trânsito a controlarem melhor o fluxo e o volume do tráfego em Niterói. Temos 16 painéis de mensagens variáveis informando as condições do trânsito nas horas de rush pela manhã e ao fim do dia, informando interdições viárias e especialmente transmitindo mensagens de Educação Para o Trânsito. Os dois Centros de Controle Operacional, do CISP e dos tuneis, estão em pleno funcionamento. Esta infraestrutura traz um benefício enorme para a cidade como um todo, pois o uso da tecnologia favorece a gestão do trânsito. Buscamos oferecer cada vez mais informações sobre o trânsito aos cidadãos que trafegam pela cidade, seja a pé, de bicicleta, de motocicleta, de carro ou de transporte público”, relata Braz Colombo.

 

Palestras e passeios – A abertura oficial da Semana Nacional do Trânsito acontece na próxima terça-feira, dia 18, às 10h, no auditório da Polícia Rodoviária Federal, na Ponte Rio-Niterói, com a presença de autoridades e representantes das instituições parceiras da Semana Nacional do Trânsito e da Virada da Mobilidade. Ao longo da semana o Auditório Prefeito João Sampaio, na Praça Fonseca Ramos, no Centro, receberá o Ciclo de Palestras da Semana Nacional do Trânsito, com temas como trânsito e meio ambiente; comportamento ético no trânsito; aprendizagem significativa; prevenção a acidentes; o uso da bicicleta no trânsito; e urbanismo voltado aos pedestres.

A ação Vaga Viva, que ocupa vagas de estacionamento com a montagem de áreas de convivência, será realizada na terça-feira, 18, na Rua da Conceição, e na quinta-feira, 20, na Rua Miguel de Frias. Durante a ocupação haverá atividades oferecidas pelo Espaço Cultural da Grota; pelo Projeto Casa Reviver – IDE; e pelo Espaço Saber – Sesc; pela NitTrans e pela Prefeitura de Niterói. As ações acontecem entre 9h e 17h.

No sábado, 22, haverá uma grande mobilização para as famílias no Horto do Fonseca, com atividades para crianças pela manhã e roda de samba à tarde. Material didático e brindes serão distribuídos ao longo do dia. Às 10h, na Concha Acústica, no Centro, tem início um passeio motociclístico que seguirá até a praia de Piratininga, onde os motociclistas serão recebidos com um show de rock.

No domingo, 23, às 8h, haverá passeio ciclístico partindo também da Concha Acústica, terminando em Charitas. Às 18h, na área externa do MAC, haverá exibição do documentário ‘Elo Perdido – O Brasil que pedala’, e roda de conversa com a diretora do filme, Renata Falzoni.

Foto: Arquivo/ Jornal Cidade de Niterói

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline