Martinho da Vila no Teatro Municipal de Niterói

Com habilidade de um sábio contador de histórias, Martinho apresenta, no projeto ‘Clássicos do Samba’, na próxima quarta-feira, 12 de setembro, às 19h, no Teatro Municipal de Niterói, o show “Martinho da Vila, Violão e Cavaco”, acompanhado de Gabriel de Aquino (violão) e Alan Monteiro (cavaquinho). Após o show, o cantor e compositor lança, na Sala Carlos Couto, anexa ao Teatro, o livro, “Conversas Cariocas”, uma antologia de crônicas.

No show, Martinho vai mostrar um repertório repleto de seus grandes sucessos, como “Pra que Dinheiro”, “Segure Tudo”, “Casa de Bamba”, “Quem é do Mar”, “Canta Canta Minha Gente”, entre outros.

Martinho José Ferreira, mais conhecido por Martinho da Vila, nasceu em Duas Barras, cidade do interior do Estado do Rio de Janeiro, em 1938. Filho de lavradores, mudou-se para o Rio de Janeiro com apenas quatro anos. A carreira artística surgiu para o grande público no III Festival da Record, em 1967, quando concorreu com a música “Menina Moça”. O sucesso veio no ano seguinte, na quarta edição do mesmo festival, lançando a canção “Casa de Bamba”, um dos clássicos de sua carreira. Desde estão, foram mais de 50 álbuns gravados e dezenas de prêmios e participações em festivais.

Embora internacionalmente conhecido como sambista, com várias composições gravadas no exterior, Martinho da Vila é um legítimo representante da MPB e compositor eclético, tendo trabalhado com aspectos da cultura brasileira e criado músicas dos mais variados ritmos brasileiros, tais como ciranda, frevo, samba de roda, capoeira, bossa nova, calango, samba-enredo, toada e sambas africanos.

Entusiasta das letras, Martinho divide seu tempo entre a música e sua carreira de escritor. É membro da Academia Carioca de Letras e da Divine Académie Française des Arts, Letres e Culture. Entre suas obras, destacam-se “Os lusófonos”, “Ópera negra”, “Joana e Joanes – um romance fluminense”, “Barras, vilas & amores”, “Fantasias, crenças e crendices” e “Kizombas, andanças e festanças”. Alguns destes títulos foram traduzidos para o francês.

Sobre o Livro “Conversas Cariocas”

Fixando seu olhar a partir da Cidade Maravilhosa, Martinho observa as relações humanas e as mudanças políticas, econômicas, sociais e culturais ocorridas no Brasil. Décimo-quinto livro do artista, lançado pela Editora Malê, “Conversas Cariocas” traz textos leves, escritos a partir de vivências do autor nas ruas do Rio, nas quadras das escolas de samba e em suas viagens pelo mundo; sobre sua paixão pelo Vasco da Gama e seu refúgio em Duas Barras. Na obra, o autor apresenta reflexões sobre o amor, a fé, a paternidade e a música.

Esse é o primeiro livro de crônicas de Martinho da Vila. “Escrever, assim como compor, é um exercício árduo, que requer muita disciplina. Mas a crônica é um estilo que me ajuda. Escrever crônica, para mim, é até mais fácil que compor um samba”, revela.

Sobre a editora:

Inaugurada em fevereiro de 2016, a Editora Malê tem publicado obras de expoentes da literatura afro-brasileira como Conceição Evaristo, Cuti Silva e Muniz Sodré, além de abrir oportunidades para novos escritores como Rosane Borges e Cristiane Sobral. A editora também lançou seu próprio prêmio de literatura – voltado a jovens escritores negros – e, a cada ano, publica uma coletânea com os textos vencedores do concurso.

Serviço:

Clássicos do Samba com Martinho da Vila

Show “Martinho da Vila, Violão e Cavaco” e lançamento do livro “Conversas Cariocas”

Data: 12 de setembro, quarta-feira

Horário do show: 19h

Horário do lançamento do livro: 20h30

Classificação indicativa: Livre

Ingresso para o show: R$ 80 (inteira)

Local: Teatro Municipal de Niterói

Endereço: Rua Quinze de novembro, 35 – Centro – Niterói – RJ

Telefone: (21) 2620-1624

Foto: Leo Aversa / Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *