Leitura de “A Revolta da Cachaça” no Solar do Jambeiro

O Ciclo de Leituras Dramatizadas da ATACEN apresenta “A Revolta da Cachaça”, do escritor e dramaturgo niteroiense Antônio Callado, no dia 30 de agosto, quinta-feira, às 20h, no Solar do Jambeiro.

Com adaptação inédita de Flávio Trolly, o texto “A Revolta da Cachaça” é uma brilhante metáfora da condição do negro no Brasil, e compõe, juntamente com “O tesouro de Chica da Silva” e “Pedro Mico”, o Teatro Negro de Antonio Callado.

Dedicada ao ator negro Sebastião Prata, conhecido como Grande Otelo, a peça se passa no Rio de Janeiro na década de 50 e traz os personagens Vito e Dadinha, um dramaturgo e sua esposa, ambos brancos, que recebem a visita inesperada de Ambrósio, ator negro e antigo amigo do casal. O visitante leva um presente pouco comum, um tonel de cachaça para regar a conversa. Ambrósio tem um objetivo: convencer Vito a terminar uma peça que o amigo lhe prometera há 10 anos, e na qual seria protagonista.

O escritor Antônio Callado, autor de “A Revolta da Cachaça”

O texto prometido por Vito teria como referência histórica, uma revolta contra a proibição da produção de cachaça na Colônia. O episódio histórico deveria compor o argumento de uma peça que um ator negro luta para representar, mas se vê impedido no seu propósito por não contar com a cooperação de um dramaturgo branco, supostamente seu aliado.

As relações de amizade e amorosas, já que Dadinha e Ambrósio foram amantes no passado, são desmascaradas no final, pois Vito se nega a terminar a peça e acaba provocando a ira de Ambrósio, que tenta matá-lo, mas acaba morrendo no final. No texto de Callado, o negro acaba representando o papel ao qual sempre esteve confinado e do qual queria fugir: o de marginal e criminoso. Incômoda, irônica e necessária ainda hoje, pela atualidade das questões que apresenta, “A Revolta da Cachaça” aborda a situação do ator negro no Brasil.

Serviço:
Leitura de “A Revolta da Cachaça” no Solar
Data: 30 de agosto, quinta-feira
Horário: 20h
Local: Solar do Jambeiro
Endereço: Rua Presidente Domiciano, nº 195, São Domingos, Niterói-RJ
Telefone: (21) 2109-2222
ENTRADA FRANCA

Nas fotos: O escritor Antônio Callado, autor de “A Revolta da Cachaça”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline