Niterói Presente chega à Alameda São Boaventura

O prefeito Rodrigo Neves acompanhou, na manhã desta segunda-feira (23), o início das operações do programa Niterói Presente na Alameda São Boaventura, no Fonseca, e anunciou a renovação do contrato e ampliação das vagas do Programa Estadual de Integração da Segurança (Proeis) em Niterói, garantindo mais 100 policiais diariamente nas ruas da cidade – atualmente já são disponibilizadas 150 vagas diárias.

Com menos de uma hora do início das operações, os agentes efetuaram a primeira prisão no Fonseca. Um homem de 21 anos, foi abordado pelos agentes e identificado. Contra ele havia um mandado de prisão expedido pela Justiça por roubo de carro. Ele foi encaminhado para a delegacia e ficou preso. Desde o início das operações na cidade, os agentes do Niterói Presente já prenderam 83 criminosos procurados pela Justiça.

Custeado integralmente pela Prefeitura de Niterói, o Niterói Presente faz parte de um pacote de ações da administração municipal em apoio às forças de segurança do Estado e começou a funcionar na cidade no dia 15 de dezembro pelo bairro de Icaraí. Foi estendido para o Centro, Santa Rosa e Jardim Icaraí nos primeiros meses deste ano e agora chega ao Fonseca, o primeiro bairro da Zona Norte da Cidade a contar com o programa.

Rodrigo Neves disse que o Niterói Presente reduziu os índices de criminalidade nas regiões onde atua, como atestou o levantamento divulgado semana passada pelo Instituto de Segurança Pública (ISP). “De acordo com o ISP, em Icaraí houve uma redução de 19%, nos índices de criminalidade e na região do Centro a redução foi ainda maior, de 33%. Agora também esperamos bons resultados aqui na Alameda São Boaventura. O Niterói Presente é o resultado de uma integração da prefeitura com a Polícia Militar. É mais um esforço da Prefeitura de Niterói em apoio às forças policiais do estado. Estamos investindo mais de R$ 25 milhões por ano no Niterói Presente e no Proeis e os resultados estão sendo muito positivos”, disse o prefeito.

A Alameda será patrulhada, da 6h30 às 22 horas por agentes usando motos para mais agilidade na via, que tem um grande fluxo diário de veículos. O Niterói Presente segue o modelo implantado com sucesso em bairros do Rio de Janeiro, como Lapa, Centro, Lagoa, Aterro, Méier e Copacabana. Participam do programa policiais militares aposentados e da ativa em dias de folga em troca de uma remuneração extra paga pela prefeitura e agentes civil de segurança.

O comandante do 12º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Márcio Guimarães, disse que a ajuda que a prefeitura tem dado à PM através dos programas Niterói Presente e Proeis tem sido de grande ajuda no combate à criminalidade ao liberar efetivos do batalhão para outras áreas da cidade.

“A Segurança Pública não é só dever do estado, mas ela é responsabilidade de todos e a Prefeitura de Niterói demonstra isso. Esses serviços integrados – Niterói Presente e Proeis – vêm demonstrando bons resultados em Niterói e a população está percebendo isso É importante ressaltar que os agentes do Niterói Presente têm poder de polícia e reforçam o trabalho da PM de abordagem e redução dos crimes na cidade”, disse Márcio Guimarães.

Proeis – O programa é custeado integralmente pela Prefeitura, através de convênio firmado com a PM, que será renovado este mês. Além da renovação, o prefeito Rodrigo Neves anunciou que vai ampliar para 250 o número de vagas disponíveis no programa. Atualmente, são disponibilizadas 150 vagas diárias para que PMs, até mesmo de outros batalhões, realizem patrulhamento pelas ruas do município em seus horários de folga.

Esses PMs estão atuando em diversos locais da cidade como Avenida Sete de Setembro, Avenida Amaral Peixoto, Estação das Barcas, Terminal Rodoviário João Goulart, Lopes Trovão, Coronel Moreira César, Rua da Conceição, Largo da Batalha, Vital Brazil, entre outros. Já aderiram ao programa na cidade, profissionais que atuam nas UPPS Caju, Camarista, Mangueira, Prazeres, São Carlos, Rocinha, Alemão, 4° CPA, BPRv, 7º BPM, 23º BPM, entre outros. No 12º BPM, mais de 20 policiais aderiram ao Proeis.

A prefeitura também paga mensalmente o aluguel de 15 carros, que são usados pelos policiais do Proeis durante o serviço na cidade.

 

Fotos: Luciana Carneiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline