Ação de vacinação contra gripe imuniza 250 pessoas no Restaurante Cidadão

Niterói já vacinou mais de 72 mil pessoas durante campanha

Cerca de 250 pessoas foram imunizadas nesta quarta-feira (06), em ação de vacinação contra a gripe no Restaurante Cidadão Jorge Amado, no Centro de Niterói. Seguindo orientação do Ministério da Saúde, a Campanha Nacional de Vacinação foi prorrogada na cidade até o dia 15 de junho. De acordo com a Fundação Municipal de Saúde, 72.362 pessoas da cidade já foram vacinadas.

A imunização está disponível em 54 salas de vacina, nas policlínicas regionais, unidades básicas de saúde e módulos do Programa Médico de Família, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A secretária municipal de Saúde, Maria Célia Vasconcellos, convoca a parcela da população que ainda não se vacinou para imunização nesse período extra de campanha. “A imunização reduz o número de internações, complicações e mortes em decorrência de infecções causadas pelos vírus da gripe. É fundamental que as pessoas que fazem parte desses grupos recebam a dose. A vacina é fabricada com partículas inativadas dos vírus H1N1, H3N2 e B e, portanto, é incapaz de produzir a doença”, orientou Maria Célia.

A meta é imunizar cerca de 154 mil moradores da cidade. Parte de um dos cinco grupos-alvo da campanha, Hilda da Silva, de 67 anos, aproveitou o horário de almoço para receber a dose da imunização deste ano. “Almoço aqui no Restaurante todos os dias e hoje me avisaram da vacinação. Acho importante estar sempre protegida”, disse.

Clelson Leal, de 75 anos, também é frequentador assíduo do Restaurante Cidadão. Ele contou que tinha esquecido de se vacinar e resolveu aproveitar a prorrogação da campanha. “Tomo a imunização da gripe todos os anos, estou sempre com a carteira de vacinação comigo. Me sinto mais seguro quando estou vacinado”, comentou.

 

Foto: Luciana Carneiro

Documentos – Para receber a dose da vacina, as pessoas que fazem parte dos grupos-alvo da campanha devem comparecer às unidades de saúde levando carteira de identidade e outros comprovantes de acordo com os grupos a que pertencem:

– Trabalhadores das áreas de Saúde e Educação devem apresentar identidade profissional ou crachá.

– Crianças de 6 meses até 4 anos, 11 meses e 29 dias, cartão de vacinação.

– Pessoas com 60 anos ou mais, carteira de identidade.

– Pessoas com doenças crônicas (a partir dos 5 anos), solicitação médica, com indicação da doença.

– Puérperas, certidão de nascimento do bebê, ou cartão do pré-natal, ou cartão de vacinação do bebê; e as gestantes só precisam declarar que estão grávidas.

Locais de vacinação:

Policlínicas: Policlínicas Dr. Carlos Antônio da Silva – Rua Jansen de Mello s/nº, São Lourenço; Dr. Sérgio Arouca, Praça Vital Brazil s/nº – Santa Rosa; Dr. Guilherme Taylor March – Rua Desembargador Lima Castro, 238, Fonseca; Dr. Francisco da Cruz Nunes – Rua Ver. Armando Ferreira, 30, Largo da Batalha; Assistente Social Maria Aparecida da Costa – Est. Engenho do Mato s/nº, Itaipu; Dr. Renato Silva – Av. João Brasil, s/nº- Engenhoca, Rua Jornalista Sardo Filho, 196, Ilha da Conceição; Av. Carlos Ermelindo Marins s/nº, Jurujuba; Av. Colônia s/nº, Caramujo; Professor Barros Terra – Rua Alcebíades Pinto, s/nº, Cantagalo; e Dr. João da Silva Vizella, Rua Luiz Palmier, 726 – Barreto.

Unidades Básicas de Saúde: Centro, Morro do Estado, Santa Bárbara, Engenhoca, Baldeador e Piratininga.

Programa Médico de Família e Clínica Comunitária da Família: Alarico, Atalaia, Bernardino, Cafubá I, Cafuba II, cafuba III, Cantagalo, Caramujo, Colônia, Engenho, Grota I, Grota II, Ititioca, Jonathas Botelho, Jurujuba, Leopoldina, Maceió, Maravista, Marítimos, Maruí, Matapaca, Nova Brasília, Palácio, Preventório I, Preventório II, Souza Soares, Viçoso, Vila Ipiranga, Viradouro, Vital Brasil e CCF Badu, Ilha da Conceição, Teixeira de Freitas e Várzea das Moças, Morro do Céu e Cavalão.

Fotos: Luciana Carneiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *