Alerj lança manifesto em defesa da Faperj

O presidente da Comissão de Educação da Alerj, Comte Bittencourt, lançou um Manifesto em Defesa da Faperj, que conta com o apoio de mais 33 deputados da Casa. Após a saída do presidente da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro, Ricardo Vieiralves, em abril, a instituição passou a ser gerida pelos diretores de Ciência e Tecnologia – Jerson Silva e Eliete Bouskela. No entanto, o governo pretende escolher novos nomes, a partir de lista tríplice elaborada pelos conselheiros do órgão. A comunidade científica é contrária à decisão do Executivo e quer a permanência dos pesquisadores no cargo.  O autor do manifesto defende que, para garantir a continuidade democrática da gestão e sua autonomia, é necessário que o Executivo respeite as escolhas internas da Fundação.

“A permanência das atuais diretorias científica e de tecnologia, de acordo com a solicitação de reitores universitários e de dirigentes de institutos de pesquisa, é crucial para assegurar que a Faperj continue a ser gerida com independência necessária para garantir o desenvolvimento de suas atividades, prioritárias para o fomento à ciência e a tecnologia no estado”, explica Comte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *