Comissão de educação da Alerj debate o repasse de recursos para pesquisa e inovação no Rio de Janeiro

A Comissão de Educação da Alerj, presidida pelo deputado Comte Bittencourt, realiza audiência pública, hoje (02/5), às 10h, para debater com representantes da UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), UENF (Universidade Estadual do Norte Fluminense), UEZO (Universidade Estadual da Zona Oeste) e da Faperj (Fundação de Apoio a Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro) os repasses orçamentários para garantir a pesquisa e a inovação no Rio de Janeiro. A Pesquisa ocupa um papel estratégico no Ensino Superior do estado, sendo um dos três pilares fundamentais, junto com o ensino e extensão. Também participam do encontro representantes dos bolsistas, da Sociedade Brasileira pelo Progresso da Ciência (SBPC), da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro e de professores das universidades.
“Precisamos garantir o pleno funcionamento da produção acadêmica, da pesquisa e da inovação no Rio de Janeiro. A pesquisa científica fluminense é uma das mais relevantes no mundo no combate da Zika, Dengue e Chikungunya, demonstrando a importância do setor. Não podemos permitir a fuga de mentes inteligentes para outros estados ou até mesmo outros países. Manter os repasses é fundamental para que não haja um retrocesso tecnológico”, afirma Comte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline