Chris Fuscaldo e Kadu Lambach comandam um tributo legionário em Niterói

Cantora e escritora e primeiro guitarrista e fundador da Legião Urbana levam sucessos da banda (e inéditas compostas por Kadu em cima de letras de Renato Russo) ao palco

A cantora, compositora e escritora niteroiense Chris Fuscaldo lançou recentemente o livro Discobiografia Legionária, em que conta histórias, bastidores e curiosidades das gravações de todos os álbuns da Legião Urbana. Paralelamente, ela estreou como compositora com seu primeiro álbum autoral, Mundo Ficção. Sob o pseudônimo de Eduardo Paraná, Kadu Lambach foi o primeiro guitarrista e fundador da Legião Urbana. Depois de acompanhar grandes nomes brasileiros, hoje, o músico curitibano apaixonado por jazz e blues comanda, nos shows que apresenta pelo Brasil, sua carreira solo e relembra os tempos em que tocava com Renato Russo e Marcelo Bonfá. Este ano, o cantor, compositor e guitarrista lançou duas parcerias inéditas suas com Renato Russo intituladas “Medieval” e “Vício Moderno”. Aproveitando o embalo dos lançamentos e a paixão pela banda, Chris Fuscaldo e Kadu Lambach comandam no sábado, 14 de abril, às 19h, no evento literário MultiLeitura do Itaipu Multicenter, um tributo legionário, uma verdadeira homenagem à Legião Urbana, cantando e tocando sucessos de Renato Russo, Marcelo Bonfá, Dado Villa-Lobos e Renato Rocha.

Kadu Lambach (Edurado Paraná) nasceu em Curitiba em 1964 e, em 1979, mudou-se para Brasília. Em 1982, fundou a banda Legião Urbana ao lado dos amigos Renato Russo e Marcelo Bonfá. Em 1983, deixou a banda para se aprofundar nos estudos de música, no Conservatório Dramático Musical de Tatuí (SP). Graduou-se em Licenciatura em Música na UNB (Universidade de Brasília) e passou a tocar com grandes instrumentistas do jazz brasileiro, entre eles Marcio Montarroyos, Arthur Maia, Raul de Souza e Raul Mascarenhas. Ainda nos anos 1990, Kadu gravou seu primeiro CD intitulado Last Blues, que foi indicado para o Prêmio Sharp na categoria de “melhor instrumental”, e mudou-se para o Rio de Janeiro aonde passou a acompanhar grandes nomes da MPB, como Baby do Brasil, Tunai, Belchior, Olivia Hime e Preta Gil. No mesmo período, teve uma música sua gravada pelo grande baixista norte americano Stanley Clarke. Em 2012, realizou junto à Legião Urbana Produções a festa da fundação de 30 anos da banda, em Curitiba, com a presença da família de Renato Russo. A partir desde ano, Kadu Lambach passou a fazer shows pelo Brasil como o primeiro guitarrista e fundador da Legião Urbana. Em 2015, lançou seu segundo CD instrumental, Expressivo. Em janeiro de 2018, Kadu Lambach promoveu um show em celebração à Legião Urbana, onde lançou as faixas inéditas Medieval e Vício Moderno. O evento teve a participação especial da irmã de Renato Russo, Carmem Manfredini.

Chris Fuscaldo nasceu em Niterói (RJ) em 1980, praticou balé e sapateado na infância e adolescência, estudou canto popular e violão, formou-se em Jornalismo e em Letras, cursou Teatro na Casa das Artes de Laranjeiras e começou a escrever sobre música aos 19 anos. No Rio de Janeiro, trabalhou nos jornais Extra e O Globo, colaborou para revistas como MTV e Rolling Stone, escreveu sobre diversos artistas e movimentos musicais para diversos projetos jornalísticos e literários e estreou como escritora em 2016, com o livro Discobiografia Legionária. Entre 2008 e 2010, esteve à frente de duas bandas como cantora: a ECT (Eu, Chris e Taís) tinha como foco canções autorais de seus outros integrantes e clássicos da música brasileira; o Press Play foi um projeto de tributo a vários artistas (Bob Dylan, Madonna etc) idealizado por ela e pelo amigo jornalista e também niteroiense Leandro Souto Maior. Em 2017, ela estreou como compositora lançando o álbum Mundo Ficção e, em 2018, vai finalizar uma biografia do cantor e compositor Zé Ramalho. O livro Discobiografia Legionária conta a história dos álbuns da Legião Urbana. Do primeiro LP, aos discos póstumos, passando pelos trabalhos solo, discos ao vivo e coletâneas, os integrantes da banda e muitos outros convidados aparecem em episódios que ajudam a entender a importância de uma das maiores bandas de rock da história do Brasil e como registraram alguns dos maiores clássicos nacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline