A Ordem Natural das Coisas, no teatro do Sesc Niterói

Com texto inédito do ator Leonardo Netto, também diretor do espetáculo, montagem integra o projeto “Sesc Expressões”, que percorrerá nove unidades entre março e abril

O ator e diretor Leonardo Netto volta à cena como dramaturgo em “A Ordem Natural das Coisas”, peça que aborda o poder de interferência do outro sobre nossas vidas e até que ponto essas influências definem quem somos. A ideia surgiu há três anos, durante a temporada de “Para os que Estão em Casa”, sua estreia na dramaturgia. Na época, o autor decidiu escrever seu segundo texto para três dos atores que estavam em cena no espetáculo: Beatriz Bertu, Cirillo Luna e João Velho.  “A Ordem Natural das Coisas” faz apresentações nos dias 9 e 10, nos teatros do Sesc Niterói e Sesc São Gonçalo, respectivamente, dentro do projeto “Sesc Expressões”. Entre março e abril, a montagem ainda percorre outras sete unidades do Sesc: Ramos, Barra Mansa, Nova Iguaçu, Madureira, Nova Friburgo, Teresópolis e São João de Meriti.

Em “A Ordem Natural das Coisas”, Lúcio (João Velho) é um publicitário em crise, aspirante a escritor às voltas com um bloqueio criativo. Abandonado pela noiva no dia do casamento, ele mergulha em mais dúvidas e questionamentos – em um processo que sofrerá a interferência de duas pessoas: o consultor de feng shui Emiliano (Cirillo Luna), seu amigo e irmão da noiva; e Cecília (Beatriz Bertu), jovem formada em História da Arte, apaixonada pela cultura dos anos 60 e vizinha temporária de Lúcio. “O quanto a gente tem controle sobre a própria vida e a interferência que o outro pode exercer sobre nós são questões que me motivaram a escrever esse texto”, conta o autor e diretor.

Criado por Elsa Romero, o cenário acentua o caos que está a vida do protagonista: muitas caixas de presentes espalhadas por todos os cantos da casa e objetos pessoais da ex-noiva, que se mudaria para o apartamento e ainda não apareceu para buscar as suas coisas.

O texto da peça “A Ordem Natural das Coisas” estará à venda nas livrarias e nas unidades do Sesc durante as apresentações. A obra será publicada pelo selo Another Hot Books, da editora Livros Ilimitados.

 

SOBRE O AUTOR E DIRETOR

Leonardo Netto é ator, diretor e dramaturgo. Formou-se pela Casa das Artes de Laranjeiras (CAL) e estudou Teoria do Teatro na UNIRIO. Estreou profissionalmente em 1989 em “Se Correr o Bicho Pega, Se Ficar o Bicho Come”, de Oduvaldo Vianna Filho, dirigida por Amir Haddad. Integrou por três anos o Centro de Demolição e Construção do Espetáculo, companhia estável dirigida por Aderbal Freire-Filho, onde atuou em “O Tiro que Mudou a História” e “Turandot ou O Congresso dos Intelectuais”, entre outras.  Trabalhou com diretores atuantes do teatro carioca, como Gilberto Gawronski, Ana Kfouri, Jefferson Miranda, João Falcão, Luiz Arthur Nunes, Enrique Diaz, Celso Nunes e Christiane Jatahy. Seus trabalhos mais recentes incluem “Freud – A Última Sessão” (direção de Ticiana Studart), “Conselho de Classe” (direção de Bel Garcia e Susana Ribeiro), “A Santa Joana dos Matadouros” (direção de Marina Vianna e Diogo Liberano) e “Entonces Bailemos” (direção de Martín Flores Cárdenas).

Em TV, atuou nas novelas “Bang-Bang” e “Paraíso Tropical”, em episódios das séries “Força-Tarefa”, “As Canalhas”, “Questão de Família” e “O Caçador”. Integrou o elenco dos seriados “A Garota da Moto”, “Magnífica 70” e “Me Chama de Bruna”. Em cinema, trabalhou no longa de Sérgio Rezende “Em Nome da Lei” e nos curtas “Furos no Sofá”, de Ana Beatriz Nogueira; e “Verdade Verdadeira”, de Felipe de Carolis.

Dirigiu os espetáculos “A Guerra Conjugal”, de Dalton Trevisan; “Cozinha e Dependências”, de Agnes Jaoui e Jean-Pierre Bacri, “Um Dia Como os Outros” (também de Jaoui e Bacri), “O Bom Canário”, de Zacharias Helm e “Para Os Que Estão em Casa”, de sua autoria. Em 2016, foi indicado ao Prêmio Cesgranrio de Melhor Autor pelo texto de “Para os Que Estão em Casa” e ao Prêmio Questão de Crítica de Melhor Ator por “A Santa Joana dos Matadouros”.

 

“SESC EXPRESSÕES”

09/03 (sexta) – Niterói

10/03 (sábado) – São Gonçalo

16/03 (sexta) – Ramos

24/03 (sábado) – Barra Mansa

31/03 (sábado) – Nova Iguaçu

06/04 (sexta) – Madureira

14/04 (sábado) – Nova Friburgo

27/04 (sexta) – Teresópolis

28/04 (sábado) – São João de Meriti

 

FICHA TÉCNICA

Texto e direção: Leonardo Netto

Elenco: Beatriz Bertu, Cirillo Luna e João Velho

Direção de movimento: Márcia Rubin

Iluminação: Aurélio de Simoni

Cenário: Elsa Romero

Figurinos: Maureen Miranda

Trilha Sonora: Leonardo Netto

Design gráfico: Lê Mascarenhas

Fotos: Dalton Valério

Mídias sociais: Rafael Teixeira

Direção de produção: Luísa Barros

Produção executiva: Alice Stepansky e Thaís Pinheiro

Mobilização de recursos: Marcela Rosário

Realização: Sesc Rio e Fulminante Produções Culturais

 

SERVIÇO: 

Dia 9 de março (sexta-feira), às 19h

Local: Teatro Sesc Niterói

Endereço: Rua Padre Anchieta, 56. Centro – Niterói

Ingressos (valores): R$20 (inteira) | R$10 (meia)| R$5  (comerciários)

Bilheteria (horários): de terça a sábado, das 9h às 17h (em dia de espetáculo a bilheteria funciona até o início do mesmo)

Venda online (link/site): venda apenas na bilheteria da unidade.

Informações (telefone): 21 2704-2614 (bilheteria)

Capacidade: 216 lugares

 

Dia 10 de março (sábado), às 19h

Local: Teatro Sesc São Gonçalo

Endereço: Av. Pres. Kennedy, 755 – São Gonçalo

Ingressos (valores): R$20 (inteira) | R$10 (meia) | R$5 (Associados Sesc) e Grátis (PCG)

Bilheteria (horários): de terça a sábado, das 9h às 17h (em dia de espetáculo a bilheteria funciona até o início do mesmo)

Informações: 2712-3093

Capacidade: 350 lugares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline