Moradores do Engenho do Mato participam de reunião com representantes da Prefeitura e da Câmara de Vereadores

Na pauta, o projeto de urbanização do bairro e a criação de um grupo de trabalho

Moradores do Engenho do Mato participaram, na manhã desta quarta-feira (20/9), de uma reunião na Secretaria de Governo, com representantes da Prefeitura de Niterói e da Câmara de Vereadores para discutir ações da gestão municipal no bairro.

De acordo com o secretário de governo, Vitor Junior, um dos objetivos do encontro é a criação de um grupo de trabalho que irá acompanhar as atividades propostas para a urbanização do Engenho do Mato.

“Esta foi uma reunião de alinhamento entre a gestão municipal e os moradores do Engenho do Mato, abordando assuntos como a ocupação da área próxima à Fundação Leão XIII, o espaço do parque rural, além da drenagem e pavimentação das ruas. Logo estaremos contratando o projeto executivo para o bairro. Vamos realizar um levantamento das áreas públicas e também estamos estudando questões relacionadas ao incentivo à atividade rural na região”, explicou Vitor Junior.

O presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Bagueira, que também participou da reunião, destacou a importância de que os projetos para o bairro contemplem a característica rural da região.

“O Engenho do Mato traz esta questão histórica do lado rural. A implantação de ações com este viés pode trazer muitos benefícios não só para o bairro como para toda a cidade. Podemos, inclusive, pensar na criação de uma administração voltada para a questão rural no município”, disse Bagueira.

Presidente da Comissão Permanente de Urbanismo, Obras, Serviços Públicos, Transporte e Trânsito da Câmara, vereador Atratino Cortes aproveitou para lembrar que será agendada uma audiência pública para discutir questões relativas ao bairro.

De acordo com os representantes da Associação dos Criadores de Cavalo Mangalarga Marchador do Estado do Rio de Janeiro (ACCMMERJ), Roudão Cid e José Acir, o Engenho do Mato reúne, aproximadamente, 2.800 criadores. Eles enfatizaram que a ideia é propor ao município a retomada do parque rural, com atividades voltadas para competições, cursos profissionalizantes para qualificação de mão-de-obra local, realização de leilões, entre outras ações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *