Carlos Jordy e Flávio Bolsonaro em visita a 3° CPA do 12° batalhão no Fonseca comentam a situação da segurança pública em Niterói e no Estado

O vereador Carlos Jordy e o Deputado Estadual Flávio Bolsonaro visitaram nessa manhã(21) a 3° CPA do 12° batalhão no Fonseca, para escutar os anseios da corporação e discutir sobre a segurança pública.
Para Flávio Bolsonaro a polícia precisa ter segurança jurídica para tratar marginais como marginais, “Se por um lado a política hoje atrapalha muito a segurança pública, devemos ter a plena consciência de que somente por ela conseguiremos melhorar o cenário, ao dar segurança jurídica para nossos policiais trabalharem e tratar marginais como marginais.” declarou Bolsonaro.

O Vereador Carlos Jordy acredita que enquanto não houver uma reforma no sistema judiciário e no sistema correcional, reduzindo a maior idade penal e revogando o estatuto do desarmamento, a população continuará à mercê de bandidos que não tem nada a perder uma vez que entendem que os cidadãos de bem estão desarmados e que o crime para eles compensa. “Uma mulher foi esfaqueada hoje em Icaraí por dois vagabundos (aparentemente menores de idade) que acharam que tinham direito de assassiná-la por não conseguir roubar sua bolsa. Enquanto não reformarmos nosso sistema judiciário e nosso sistema correcional (abolindo benefícios penais como indulto, progressão de regime e liberdade condicional), reduzirmos a maioridade penal e revogarmos o estatuto do desarmamento, estaremos à mercê de bandidos que sabem que os cidadãos estão desarmados e que o crime compensa. E ainda tem hipócritas que são contra a guarda armada para o auxílio no combate a delitos como esse.” comentou Jordy.

Visita PM2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline