Niterói na Vanguarda do setor audiovisual

O Prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, recebeu o Ministro da Cultura (MinC), Sérgio Sá Leitão, no Museu de Arte Contemporânea (MAC), na manhã desta sexta-feira (18.08) para tratar de futuras parcerias entre a prefeitura e o Ministério.

Na contramão da crise econômica que afeta vários municípios, Niterói segue investindo em diversos setores, sendo reconhecida por uma gestão eficiente e acaba de lançar seu Sistema Municipal de Financiamento à Cultura. Cenário que chamou a atenção do Ministro Sérgio Sá Leitão, que está empenhado em viabilizar parcerias para colocar Niterói na vanguarda do audiovisual nacional.

Neste sentido, as equipes do MinC, da Secretaria municipal de Cultura e da Fundação de Arte de Niterói (FAN) vão elaborar um pacote de ações para alavancar Niterói no cenário internacional do audiovisual, transformando o município num polo importante para o setor, atraindo emprego, renda, visibilidade e colocando a cidade ainda como local para produções, já em 2018.

Entre as iniciativas, há editais de apoio e desenvolvimento de audiovisual, eventos internacionais, festivais e estruturação e ativação de equipamentos culturais da cidade. As ações seriam realizadas com recursos da Ancine, da Lei Rouanet, da própria Prefeitura de Niterói, do ICMS do Governo do Estado, e do recém-lançado Sistema Municipal de Financiamento.

O prefeito Rodrigo Neves lembrou que a Cultura tem um papel importante como indutora para o desenvolvimento local e faz parte da estratégia da prefeitura. “Niterói tem patrimônios históricos, belezas naturais e grande vocação para o setor cultural e audiovisual. Assim, vamos alinhar um programa ambicioso, porém viável, aproveitando todo esse potencial da cidade”, ressaltou o prefeito.

“Estamos buscando parcerias em todo o país e Niterói já tem uma vocação natural para o audiovisual, inclusive com a faculdade de cinema da Universidade Federal Fluminense, que é uma referência”, disse o ministro Sá Leitão.

Para o Secretário municipal de Cultura, Marcos Gomes, a vinda do ministro a Niterói é um reconhecimento do papel que o município vem exercendo, com ressonância no Estado e no país. “Temos, além de ações efetivas, patrimônios singulares e um importante complexo de salas de exibição”, acrescentou Gomes.

A reunião foi acompanhada também pelo presidente da Fundação de Arte de Niterói (FAN), André Diniz, a subsecretária de Cultura de Niterói, Danielle Nigromante, o subsecretario municipal de planejamento cultural, Daniel Damasceno, e pelo chefe da Regional do MinC no Rio e no Espírito Santo, José Haddad.

 

Fotos/crédito: Thiago Côrtes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline