SOCIAL: Rede de Solidariedade garantirá alimentos a pessoas com necessidades nutricionais

SOCIAL – A Prefeitura de Niterói lançará na próxima quarta-feira (24/05) a Rede de Solidariedade. O projeto, da Secretaria Municipal de Assistência Social, tem como objetivo garantir o abastecimento do Banco Municipal de Alimentos Herbert de Souza. Supermercados, indústrias alimentícias e produtores culturais participarão do programa com doações que serão encaminhadas para instituições cadastradas no programa e que servem refeições em suas dependências, além de entidades do município, como a Associação Niteroiense de Deficientes Físicos (Andef). Pacientes atendidos pelo Programa Médico de Família e pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) também serão beneficiados.

De acordo com a secretária municipal de Assistência Social, Verônica Lima, o Banco de Alimentos já possui em seu cadastro 1500 pessoas, em um total de 10 instituições, cada uma com cerca de 150 usuários. “A meta é chegar a 80 instituições até o final do ano e fornecer alimentos para 12 mil pessoas por ano”, diz Verônica.

A secretária explica ainda que supermercados e indústrias alimentícias fazem doações de alimentos que estão perto da data de validade ou fora do padrão comercial, com problemas na embalagem, por exemplo. “Esses alimentos recebidos passam por uma análise da nutricionista e da engenheira de alimentos do banco e, sendo liberados para consumo, são direcionados para doação. Todos precisam entender que é necessária uma redução do desperdício de alimentos como desafio”, conta Verônica.

Além de entidades como a Andef e a Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos (Apada), o Banco de Alimentos atende pacientes do Programa Médico de Família, que encaminha pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade alimentar para os Cras para que sejam referenciadas.

Em seguida, o órgão envia as informações para o Banco Municipal de Alimentos que indicará, conforme cada caso, as instituições assistenciais cadastradas que prestarão o atendimento adequado, entregando as doações, tendo como referência a indicação do Médico de Família no que diz respeito ao tempo necessário da assistência e a composição nutricional da cesta.

Os alimentos são adquiridos através de doações de supermercados, indústrias alimentícias e produtores culturais de Niterói, que recebem a prestação de contas sobre a destinação dos alimentos. Os doadores solidários se comprometem a fazer doações contínuas, de acordo com sua possibilidade. Os alimentos adquiridos são estocados na sede do Banco Municipal de Alimentos, equipamento com estrutura física e profissional adequada à conservação de alimentos até que sejam entregues às famílias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline