CIDADE: Maior trilha ecológica de Niterói será concluída em um mês

CIDADE – A Travessia Tupinambá é um conjunto com cerca de sete quilômetros que vai da floresta de São Francisco até Piratininga, encantando com suas belas paisagens, sítios históricos, um córrego e as descobertas da geografia da Mata Atlântica.

O percurso conta com uma sinalização rural (a identidade visual da travessia é uma seta amarela desenhada em fundo preto), que visa facilitar a caminhada com toda a segurança. No caminho, o visitante será guiado por algumas placas com orientações sobre o trajeto.

A sinalização é feita por mutirões de até 12 participantes (funcionários do Parnit, por integrantes do Clube Niteroiense de Montanhismo (CNM) e outros grupos de voluntários).

O trajeto ainda tem a falta de placas informativas que iriam facilitar a vida dos visitantes que não têm o guia. No entanto, o administrador do Parnit, Alex Figueiredo garante que até a abertura prevista para abril, o trajeto contará com as placas informativas.

A melhor opção de acesso à trilha, e menos cansativa, é pelo Parque da Cidade. O caminho de São Francisco até o parque é bem mais longo. Já a subida pelo Jardim Imbuí (a partir da Rua dos Corais) é a parte mais inclinada do percurso.

O que mais encanta na região é o Mirante da Tapera localizado de frente para o Pão de Açúcar e de onde se tem um ângulo único para as Praias da Região Oceânica e as montanhas do Rio, mas o acesso ainda é limitado pois precisa de melhorias na demarcação.

Segurança

O caminho da travessia, utiliza uma antiga rua de terra no meio da mata, onde passam os carros. A prefeitura irá realizar uma reunião para a logística de segurança da Travessia de Tupinambá entre a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a Secretaria de Ordem Pública. A prefeitura informou que a Coordenadoria de Meio Ambiente (CMA) da Guarda Civil Municipal realiza patrulhamento preventivo nas principais trilhas do Parnit.

Por: Jaqueline Garcia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *