EMPREENDEDORISMO: Aonde você quer chegar com o seu negócio?

anuncienew2

EMPREENDEDORISMO – A partir desta quarta, toda semana, teremos um encontro marcado para falarmos de empreendedorismo, gestão e inovação. Afinal, estas temáticas precisam caminhar juntas, promovendo negócios de impacto. Vamos juntos empreender esta viagem!

MEI, empresa familiar, médio porte, startup ou multinacional. Não importa o seu tipo de negócio ou segmento de atuação, empreender é possível em todas as áreas, tipos de empresa e nas diversas situações. Você já deve ter ouvido ou lido algo sobre as “revoluções” que o empreendedorismo está viabilizando, mas agora a questão não será essa. Em uma próxima ocasião, discutiremos sobre o empreendedorismo ser autoajuda ou não. Aqui, a questão é bem mais simples: qual o propósito ou missão do seu negócio?

Ao empreender uma ideia, você pensa (ou deve): “ qual problema quero resolver?”; “o que quero conquistar?”; “aonde quero chegar?”. Estas perguntas devem fazer parte do seu mindset e devem ser contempladas na execução do seu negócio. Todavia, você consegue dizer de forma SIMPLES e OBJETIVA qual o propósito do seu negócio? As respostas são distintas:

  • “Ganhar muito dinheiro”;
  • “Resolver o problema dos meus clientes”;
  • “Ficar milionário”;
  • “Impactar a minha comunidade”;
  • “Inspirar pessoas”;
  • “Fomentar o empreendedorismo na minha região”;
  • “Melhorar o sistema de saúde brasileiro”;
  • E muitas outras explicações.

Não há problema algum em querer apenas ganhar dinheiro com a sua startup ou querer impactar as pessoas ou almejar ambos. Não há certo ou errado. O equivocado é não ter um propósito ou ter um propósito complexo que você não consegue definir. Muitos empreendedores acham que possuem um propósito para o seu negócio, mas, na verdade, não sabem aonde querem chegar!

Vamos fazer um exercício.

  • Pense: qual é o propósito da minha empresa? Aonde quero chegar com este negócio?
  • Escreva em um papel o que pensou. (De forma simples e objetiva).
  • Chegou a conclusão que não tem um propósito? Calma. A hora de estruturar um é agora.
  • Caso tenha sócios, peça aos mesmos para realizarem os procedimentos 1 e 2.
  • Faça uma comparação entre o seu propósito e os de seus sócios.
  • Alinhe com seus sócios o propósito do seu negócio.

Esse exercício é fácil e parece até ingênuo, todavia, elucida alguns pontos: (a) muitos empreendedores não possuem uma missão; (b) sócios nunca conversaram sobre o propósito do negócio, apenas são sócios e “tocam” a empresa; e (c) os sócios possuem missões distintas em relação a empresa, revelando um ruído de comunicação entre eles (o quê pode retratar uma gestão ineficiente – processos frágeis).

O propósito não deve ser algo engessado. Ele pode mudar, conforme o crescimento do negócio, desenvolvimento dos próprios empreendedores ou transformações de mercado. Sendo assim, se já tem um propósito estabelecido, quais são as estratégias que você precisa executar para realiza-lo? Mas, planejamento estratégico é um assunto para outro dia…

Tão importante quanto aproveitar as oportunidades, é saber aonde quer chegar. Então, qual o propósito do seu negócio?

Deu like? Não curtiu? Vai compartilhar? Desinformação? Vai mostrar no Snap?

Vamos (des)construir essa coluna juntos! Que tal um feedback? Afinal, feedbacks promovem a boa gestão. =)

#VQV – Leonardo POA Campos (Empreendedor e Professor do MBA Gestão de Serviços da UFF e do IBMEC)

Contato: Feedbacker.br@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *