SAÚDE: Mutirão contra a dengue chega ao Morro do Bumba no sábado

anuncie

anuncie

SAÚDE – Com as chuvas que atingiram Niterói nos últimos dias, a população deve reforçar os cuidados para não permitir que o acúmulo de água se transforme em criadouros do mosquito Aedes aegypti. O alerta é da Secretaria Municipal de Saúde, que intensificou as ações de combate ao vetor da dengue, zika e chikungunya e realiza, neste sábado (14) mais um mutirão, desta vez no Morro do Bumba.

Maria Célia Vasconcellos, secretária municipal de Saúde, explica que as altas temperaturas e a incidência de chuvas são condições ideais para a proliferação do Aedes já que os ovos do mosquito podem durar mais de um ano e, quando entram em contato com água limpa, precisam de menos de uma hora para se transformarem em larvas. Entre 5 e 10 dias essas larvas se tornam mosquitos que, ao picarem uma pessoa infectada, se tornam transmissores das doenças.
“Por isso, é muito importante que após a chuva, a população verifique recipientes que possam acumular água, calhas e vasos de planta. Estamos intensificando as ações, mas contamos com a ajuda da população, já que cerca de 70% dos criadouros do mosquito ficam dentro das residências, especialmente nas caixas d’água. É essencial que os focos do Aedes sejam eliminados”, frisa Maria Célia.
No sábado (14), cerca de 35 agentes comunitários de Saúde, do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e funcionários do Programa Médico de Família (PMF) visitarão casas no Morro do Bumba em um mutirão para identificar possíveis criadouros e orientar a população no combate ao mosquito. Os agentes aplicarão larvicidas quando necessário, distribuirão material informativo e tirarão dúvidas da população.  A Clin também estará presente, reforçando a limpeza no local.
Os mutirões já foram realizados nas comunidades do Viradouro, Morro da União, em Santa Rosa, Martins Torres, Vital Brazil, São Lourenço e Engenho do Mato. No dia 21 a ação chegará à Comunidade Boa Vista e, no dia 28, no Vital Brazil.
Ação diária – Além dos mutirões, as equipes do Departamento de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses (Devic) promovem um trabalho intenso de rotina de prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti. Agentes vistoriam diariamente imóveis em todas as regiões do município, combatendo possíveis focos do mosquito e orientando a população. Profissionais do Programa Médico de Família também atuam em parceria com o Devic na prevenção e combate aos focos do mosquito, nas suas áreas de cobertura. Niterói também possui Comitês Regionais de Combate à Dengue, organizados pelas Policlínicas Regionais, com ações elaboradas de acordo com as características de cada comunidade.
anuncie

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline