CIDADE: Reforço na limpeza de bueiros e canais contribui para o rápido escoamento das vias que alagaram em função da chuva de ontem em Niterói

anuncie

anuncie

CIDADE – A Defesa Civil de Niterói entrou em estágio de atenção às 13h50 desta quinta-feira, em função da aproximação de núcleos de chuvas moderadas a fortes no município. A forte pancada de chuva provocou alagamento em alguns pontos da cidade. As águas foram rapidamente escoadas e às 15h50 a cidade retornou para o estágio de vigilância.

Em função da previsão de chuvas, a equipe de rios e canais da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser) já vinha intensificando o trabalho de desobstrução dos ralos e bueiros nas vias da cidade. Por isso o escoamento foi rápido.

A chuva caiu de forma concentrada em um período curto de tempo, provocando alagamentos na esquina das avenidas Amaral Peixoto com Rio Branco; Rua São Lourenço com Avenida Marquês do Paraná, Rua Andrade Neves, Cantareira e ao redor do Plaza Shopping.

Os núcleos de chuva que atuavam no município perderam força por volta das 15h50. Houve apenas registro de chuva moderada. O maior acumulado em 1h foi registrado no Morro do Estado (21,0 mm).

“A Seconser enviou equipes de emergência para as vias onde foram registrados alagamentos, logo após a estiagem da chuva. A água escoou de forma rápida, como por exemplo, na rua XV de Novembro, em frente ao Plaza Shopping, que em 15 minutos já havia baixado. As equipe da Seconser continuará atendendo aos demais pontos”, explicou a secretária de Conservação, Dayse Monassa.

Dayse Monassa ressaltou ainda a importância da conscientização dos cidadãos. “O que fazemos, diariamente, é trabalho de formiguinha. Muitas vezes enxugamos gelo, pois recolhemos muito lixo jogado nas ruas. São pequenos itens, como garrafas de água, copos plásticos, pacotes vazios de biscoito, que jogados no chão podem contribuir para o entupimento desses bueiros durante as fortes chuvas. Fora os sacos de lixo que são colocados para recolhimento fora do horário determinado e, com as chuvas, acabam indo parar nas galerias de águas pluviais, canais e rios, obstruindo a passagem da água”, alerta.

A secretária reforça o pedido para que a população colabore jogando o lixo nos dispositivos apropriados instalados pela cidade. “Fazemos a limpeza dos bueiros e canais durante todo o ano. Entre dezembro e março, intensificamos o trabalho devido às chuvas de verão. No entanto, é de extrema importância a conscientização das pessoas. O lixo jogado nas ruas, além de todos os problemas relacionados à saúde e à poluição visual, provoca o entupimento dos bueiros por onde escoa a água das chuvas. Ainda precisamos avançar, mas a população de Niterói tem colaborado”, explica Dayse Monassa.

Duas toneladas de lixo são retiradas por mês dos bueiros de Niterói pela equipe da Seconser. O trabalho de limpeza das caixas-ralo, com objetivo de facilitar o escoamento das águas pluviais, se complementa à ação da Companhia Municipal de Limpeza Urbana de Niterói (Clin) que, diariamente, recolhe 200 toneladas de lixo jogadas nas ruas da cidade.

anuncie

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *