TURISMO: Réveillon com queima de fogos na Praia de Icaraí reúne 800 mil pessoas

anuncie

anuncie

TURISMO – A Prefeitura de Niterói, através da Neltur – Niterói Empresa de Lazer e Turismo -, realizou o maior  Réveillon de todos os tempos. De acordo com a Polícia Militar, cerca de 800 mil pessoas assistiram aos shows na Praia de Icaraí, que explodiu em êxtase à meia-noite, quando uma queima de fogos de 15 minutos iluminou o céu de Niterói com estrelas, corações, candelas e bailarinas, dando as boas-vindas ao ano de 2017. Os shows agradaram a todos os gostos, indo da MPB, pop e até sertanejo, culminando com o rock do Capital Inicial, banda mais esperada da noite.

queima-de-fogos-3

José Haddad, Presidente da Neltur, trabalhou numa expectativa de público ainda maior, mas as 800 mil pessoas que estiveram na Praia de Icaraí encontraram um aparato de segurança e uma logística pronta para atender quaisquer tipo de emergência: “Nossa expectativa era de um público ainda maior, por isso preparamos uma verdadeira arena, deixando livre as calçadas e a rua que foi transformada num imenso boulevard. O evento de hoje prova que Niterói já se consolidou como o mais novo melhor destino turístico do país, bem como a cidade detentora de uma das melhores festas de Réveillon do Brasil”, concluiu.

As atrações foram escolhidas para agradar a todos os gostos. Às 19h30min subiu ao palco a primeira atração da noite, a banda Bow Bow Cogumelo, com a participação de Marcos Sabino que cantou hits como “Muito Estranho”, agradando muito com sua performance.

Em seguida foi a Banda Melim, com os três irmãos niteroienses, Diogo, Rodrigo e Gabriela, que animaram o público cantando composições próprias e também músicas conhecidas do repertório da MPB, como “Zero a Dez”, cantada por Ivete Sangalo com participação de Luan Santana.

Depois foi a vez do cantor sertanejo João Gabriel, que levou suas fãs à loucura com sua performance e presença de palco. O gênero sertanejo que virou moda em todo o país agradou muito  o público.

Ao terminar o terceiro show a areia da praia de Icaraí virou uma verdadeira multidão, ávida pela queima de fogos, que à meia-noite iluminou o céu da cidade formando figuras belíssimas, multicolores, levando o público presente ao delírio. A cada bomba que explodia, de uma das cinco balsas ancoradas a 500 m da arrebentação, o público se manifestava, dando as boas-vindas a 2017. Foram 15 minutos de show pirotécnico.

Após  o término do espetáculo nos céus de Niterói, o público assistiu a grande atração da noite, a banda Capital Inicial que diante de uma multidão fez um show de 2h de duração, onde cantou suas músicas próprias e também músicas de outras bandas como “Que País é Esse”, da Legião Urbana.

O vocalista Dinho Ouro Preto, desejou boas vibrações para o ano de 2017. Segundo ele não será difícil que este ano seja melhor, pois 2016 foi um ano extremamente difícil para os brasileiros. Ele relembrou que o rock no Brasil começou em Niterói,  na rádio Fluminense, a Maldita, onde ele foi muitas vezes no início de sua carreira. “Estamos voltando às nossas raízes”, disse

Antes do show, durante uma coletiva para a imprensa, o baixista Felipe Lemos, da banda Capital Inicial, disse que  o brasileiro ainda vai passar por momentos difíceis em 2017, mas ele acredita que 2018 que será o ano do renascimento do país. Por isso acredita que todos tem que prestar atenção em 2017 nos políticos, para cobrarem o que foi prometido.

Outro músico, o Flávio Lemos desejou que o ano de 2017 seja melhor pois o ano que passou foi muito difícil para todos os brasileiros. Quando perguntado sobre a cidade ele afirmou que faz tempo que eles não tocam no Réveillon e assim na praia, para um grande público, nem lembrava, mas que achou a praia de Icaraí muito bonita.

Para a realização deste Réveillon José Haddad, fez um planejamento minucioso, num trabalho integrado entre várias corporações e instituições tanto no âmbito municipal, como no estadual.

A queima de fogos foi patrocinada pela Águas de Niterói, a Neltur contou com a Secretaria Municipal de Sáude – SAMU -, NitTrans, CLIN, Secretaria Municipal de Ordem Pública, Guarda Municipal, Secretaria de Cultura e Fundação de Arte de Niterói, Corpo de Bombeiros e 12º Batalhão de Polícia Militar. O apoio foi do jornal O Fluminense.

Fotos: Divulgação/Neltur

anuncie

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *