POLÍTICA: Rodrigo Neves é empossado para mais um mandato como prefeito de Niterói

anuncie

anuncie

POLÍTICA – Eleito em outubro com 58,59% dos votos válidos (130.473) no segundo turno, Rodrigo Neves foi empossado no início da tarde de hoje (1o/1) como prefeito de Niterói para o período 2017-2020. A solenidade aconteceu na Câmara de Vereadores e foi comandada pelo vereador Paulo Bagueira, recém-eleito presidente do Legislativo.  Neves foi o único prefeito reeleito da Região Metropolitana e centenas de pessoas compareceram ao evento, que também contou com a posse dos vereadores do município.
nit005
O vice-prefeito eleito, Comte Bittencourt, também participou da cerimônia, no entanto não foi empossado já que irá continuar o mandato de deputado estadual nos próximos meses, defendendo os interesses de Niterói neste período de grave crise no estado.

“Ser o único prefeito reeleito na Região Metropolitana do Rio, numa cidade que tem o nível de exigência de Niterói, é um motivo de muito orgulho e gratidão para mim. Vamos continuar com o trabalho duro, muita dedicação e com o diálogo com o Legislativo, tão importante neste momento de crise. Os vereadores, também empossados hoje, são essenciais para formamos uma frente unida por Niterói”, afirmou o prefeito. A base do governo na Câmara é formada por 17 vereadores.

À tarde, foi a vez de os novos colaboradores da Prefeitura serem empossados no cargo. Em cerimônia realizada no Solar do Jambeiro, no Ingá, Rodrigo Neves se dirigiu aos 30 profissionais e pediu a dedicação de todos ao Plano Niterói Resiliente, um ajuste estrutural para que Niterói ultrapasse este momento de crise. Os dirigentes irão se reunir com o chefe do Executivo no dia 9 e terão que apresentar metas para os 100 dias primeiros dias do governo, entre elas três metas de entrega à sociedade, uma meta de modernização da administração e uma de redução de despesas.

Os oito maiores órgãos ordenadores de despesas da Prefeitura também se reunirão o prefeito, secretários de Fazenda, Planejamento, Administração e com o presidente da NitPrev para elaborar um pacto de ajuste fiscal, estabelecendo metas de cortes sem comprometer a prestação de serviços para a população.

“Não é à toa que somos um dos poucos municípios a terminar a gestão pagando salários em dia e realizando investimentos na cidade, é resultado de muito compromisso e de muito trabalho. Tenho certeza de que com essa equipe que constituímos vamos dar conta dos desafios de fazer um segundo mandato ainda melhor que o primeiro e de enfrentar essa crise, fazendo de Niterói a melhor cidade para se viver e ser feliz no Brasil”, destacou o prefeito, que agradeceu toda a equipe que integrou o governo no mandato 2013-2016.

O prefeito relembrou o cenário de crise na cidade quando assumiu o primeiro mandato, ressaltou que conseguiu cumprir todas as promessas feitas na campanha de 2012 e lembrou que em sua gestão foram construídas 20 novas escolas, o Getulinho foi reaberto, a Unidade Municipal de Urgência Mário Monteiro foi reformada e ampliada, a obra do mergulhão foi concluída e, principalmente, o túnel Charitas-Cafubá saiu do papel. Rodrigo Neves também convidou a todos para o primeiro ato do seu novo governo: a reabertura do Restaurante Popular de Niterói, uma responsabilidade do estado, mas que a Prefeitura irá assumir.

Entre os novos dirigentes, foram empossados Axel Grael (Secretaria Executiva), Vítor Junior (Obras e Infraestrutura), Fabiano Gonçalves (Obras e Infraestrutura), Marcos Gomes (Cultura), Luiz Carlos Gallo (Esportes e Lazer), José Seba (Projetos Estratégicos, Ciência e Tecnologia), Verônica Lima (Assistência Social e Direitos Humanos), Miguel Vitoriano (Participação Social), Andrigo de Carvalho (Idoso), Moacyr Linhares (NitPrev), Luiz Fróes (Clin), Rogério Aguiar (Superintendência de Terminais e Estacionamentos de Niterói), José Antônio Fernandes (Zaf) (Grupo Executivo do Caminho Niemeyer) e Renatinho da Oficina (Administração Regional de Rio do Ouro).

Continuam nos cargos Giovanna Victer (Planejamento), Cesar Barbiero (Fazenda), Maria Célia Vasconcellos (Saúde), Flávia Monteiro de Barros (Educação), Roberto Salles (Governo), Luiz Paulino Moreira Leite (Desenvolvimento Econômico e Indústria Naval), Gilson Chagas (Ordem Pública), Eurico Toledo (Meio Ambiente), Dayse Monassa (Conservação), Roberto Teixeira (Defesa do Consumidor), Carlos Raposo (Procuradoria), José Haddad (Neltur), Paulo Afonso Cunha (NitTrans), André Diniz (Fundação de Artes de Niterói), Bruno Ribeiro (Fundação Municipal de Educação) e Ricardo Lanzellotti (Emusa).

anuncie

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *