SAÚDE: Getulinho, mais de 150 crianças atendidas nas primeiras horas da nova emergência

Fachada BEA_4118SAÚDE – O primeiro dia da nova emergência do Hospital Getúlio Vargas Filho, o Getulinho, na Zona Norte, da cidade, foi agitado. Apenas nas primeiras três horas de funcionamento, 156 crianças foram atendidas na unidade. Desse total, 55,1% são pacientes de Niterói; 34,7%, de São Gonçalo; 5,8%. de Maricá; e 4,4%, de Itaboraí. A nova emergência tem previsão de atender 6 mil pacientes por mês. A Prefeitura de Niterói investiu R$ 20 milhões na reforma, ampliação e compra de mobiliário e equipamentos.

“O Getulinho é um hospital de demanda espontânea, então qualquer criança que chegar, não importa a cidade, é acolhida e atendida nas suas necessidades. Quando o problema é resolvido, a criança é referenciada para o seu posto de atendimento ou Médico de Família, para que a linha de cuidado seja acompanhada. A nova emergência é um sonho realizado. O atendimento emergencial não parou desde 2013, quando foi reaberto. Trabalhamos em instalações provisórias, onde tínhamos condições de assistência, mas agora temos uma nova emergência, onde os profissionais têm melhores condições de trabalho e, principalmente, as crianças terão melhor qualidade de assistência”, destacou a diretora executiva do Getulinho, Patrícia Gomes.

Quatro pediatras, quatro enfermeiros, sete técnicos de enfermagem e um médico de rotina, além de todo o corpo técnico e de gestão, estão atendendo os pacientes. A unidade possui 12 leitos, divididos de acordo com a classificação de risco amarela, vermelha e observação individual (isolamento). É importante destacar que, após a estabilização, esses pacientes podem ser liberados, encaminhados para a enfermaria do próprio hospital, que possui 24 leitos operantes, ou para outras unidades de saúde, de acordo com a complexidade do caso.

Depois de percorrer várias unidades de Saúde em seu município, São Gonçalo, a avó Maria de Fátima Torres de Brito, de 54 anos, conseguiu um diagnóstico e tratamento para o pequeno Victor Leandro, de 10 meses, no Getulinho.
Atendimento BEA_4197
“Ele começou a ficar doente no final de maio e já foi a vários médicos em São Gonçalo, mas ou não conseguíamos ser atendidos ou a assistência não era boa. Gostei daqui. Os médicos atenderam bem, foram atenciosos e analisaram todas as receitas que os outros já tinham prescrito. Ele passou por exames, recebeu um diagnóstico e medicação. A nova emergência é muito boa”, elogia a avó.

A mãe Tainá Vicente, de 22 anos, não hesitou na hora de escolher para onde levar sua filha Maria Fernanda, de 1 ano e 8 meses. Moradora de São Gonçalo, ela sempre procura o Getulinho na hora de socorrer a pequena.

“As instalações estão muito boas, já conhecia o hospital antigo, mas a nova emergência ficou linda. O atendimento foi muito bom e rápido. Chegamos, estávamos esperando a triagem quando ela começou a passar mal, e os médicos viram a gravidade e rapidamente a levaram para o consultório, e ela foi atendida”, conta.

Ontem, após a entrega da obra, os funcionários começaram os procedimentos de higienização e a transferência de equipamentos e mobiliário das instalações provisórias para o novo espaço. Os pacientes que já estão internados estão sendo transferidos gradativamente e com acompanhamento médico. Todo esse processo ocorrerá ao longo do mês de julho.

Instalações

A nova emergência possui duas salas de espera, sendo uma para recepção e outra para espera do atendimento médico, dois consultórios para classificação de risco, quatro consultórios médicos, sala de medicação e inalação, sala de sutura, sala de curativo, sala de raios X, sala de estar para acompanhantes, sala de atendimento familiar, além de duas salas de apoio técnico e administrativo e duas salas de repouso para plantonistas.

O espaço foi planejado seguindo as normas de acessibilidade, com banheiros adaptados para portadores de necessidades especiais e elevador. São 2.500 metros quadrados de área construída.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *