POLÍTICA: Políticos são condenados por favorecerem na câmara construção do condomínio Chácara Fróes

POLÍTICA – Foram condenados pela justiça em primeira instância o deputado estadual Comte Bittencourt (PPS), o vereador Paulo Henrique (PPS), o ex-vereador Renê Barreto, o ex-secretário de Urbanismo Adyr Motta Filho e os arquitetos Luis Fernando Valverde e Sonia Aquino Mendes por improbidade administrativa.
No ano de 2002, segundo a decisão, eles estariam envolvidos em uma fraude no processo legislativo da Câmara dos Vereadores, presidida pelo Deputado Comte, para modificar uma emenda ao Plano Urbanístico Regional (PUR) das Praias da Baía e beneficiar as empresas Lorne Empreendimentos e Pinto de Almeida Engenharia, que construiram o condomínio Chácara Fróes, na Estrada Fróes.

Os réus envolvidos poderão ainda recorrer da sentença do juiz Rodrigo José Meano Brito, da 5ª Vara Cível de Niterói. A ação foi promovida pelo Ministério Público (MP) depois de representação do vereador Paulo Eduardo Gomes (PSOL), no ano de 2006.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *