CIDADE: Hospitalidade e os atrativos de Niterói são debatidos na Cândido Mendes

CIDADE – Com auditório da Universidade Cândido Mendes lotado, autoridades e personalidades ligadas ao trade turístico participaram do Seminário “Turismo desafios da gestão”, quarta-feira, dia 18/5,  promovido pelo Grupo Fluminense de Comunicação, com apoio da Prefeitura de Niterói, através da Neltur e da Universidade Cândido Mendes.

candido01

O Seminário foi aberto pelo Vice-prefeito de Niterói, Axel Grael,  que iniciou sua palestra destacando que a cidade nunca esteve tão preparada para receber o contingente de turistas esperados no período das Olimpíadas. O tema que abordou foi “Turismo, meio ambiente e sustentabilidade”.

“Já temos uma série de iniciativas para que Niterói se torne referência no ecoturismo, fazendo parte dos estudos do Plano “Niterói que queremos” que planeja a cidade no seu todo até 2033. Dentre outras metas pretendemos reflorestar até 2020, 355 hectares e, em 2033 teremos 507 hectares de áreas plantadas. Mas temos muitos desafios até lá, os principais sãos as questões referentes a segurança e controle das ocupações desordenadas”, afirmou Axel.

 

Para o presidente da Neltur, o Seminário promovido pelo Grupo Fluminense Multimídia foi um dos mais importantes já realizados em Niterói pelos temas abordados e as personalidades convidadas, que muito contribuirá para as políticas públicas de Turismo na cidade. “Parabenizo o Grupo Fluminense Multimídia pela organização do Seminário. São parcerias entre a gestão pública e a iniciativa privada que dão formas também a importantes eventos como este, que atraem e incentivam pessoas ligadas à área do turismo, proporcionando uma análise profunda de questões inerentes a esta atividade tão importante para a cidade de Niterói”, destacou Haddad.

Na segunda rodada de debates,  Rubens Branquinho, Diretor de Turismo da Neltur compôs a mesa com Marcelo Tomé, professor da UFF. Ambos debateram sobre “Os Atrativos de Niterói”.

O professor Marcelo Tomé afirmou que Niterói está valorizando, através de seus projetos, a forma e a função dos atrativos turísticos que a cidade possui, ressaltando a ação conjunta entre Niterói e Rio nesta área.

Rubens Branquinho, logo após, fez uma exibição detalhando os principais atrativos de Niterói. ”Destaco hoje que as intervenções que estão sendo feitas na cidade são planejadas colocando o turismo como uma das prioridades”. Dentre outros atrativos, a exibição mostrou o Museu de Arte Contemporânea (MAC), o Caminho Niemeyer, o Complexo dos Fortes e a Fortaleza de Santa Cruz, os Museus do Ingá e Antonio Parreiras, o Teatro Municipal, o Solar do Jambeiro, a Pça da República. Na Região Oceânica destacou o Museu Arqueológico de Itaipu.

Fonte: Neltur

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *