CIDADE: Ponte terá radares que multarão veículos acima de 80 km/h a partir de 1º de junho

CIDADE – Os radares fixos estarão em funcionamento na Ponte RioNiterói a partir de 1° de junho. Serão oito dispositivos ao longo da Ponte, quatro em cada sentido. A localização foi definida por meio de um estudo técnico baseado em alguns critérios, como número de faixas de rolamento, traçado da via e índice de acidentes. No sentido Niterói, os radares ficarão na Reta do Cais, Grande Curva, descida do Vão Central e após o Mocanguê. Em direção ao Rio, próximo ao Mocanguê, descida do Vão Central, Grande Reta e Reta do Cais. O limite máximo de velocidade na rodovia continuará 80 km/h.
A implantação dos radares é contratual e a operação é de responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal. De acordo com Júlio Amorim, gerente de Atendimento ao Usuário da Ecoponte, os valores das multas são destinados ao Estado, sem gerar receita para a concessionária. “Os radares servem como uma ferramenta de auxílio para a redução de acidentes e também para que o motorista sempre dirija com prudência”, declara.
Segundo a PRF, a maior parte dos acidentes na Ponte são causados por colisões traseiras, causadas principalmente pelo excesso de velocidade. Mesmo após a implantação dos dispositivos fixos, os radares móveis poderão ser usados em operações da polícia na Ponte, em horários e pontos estratégicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *