CIDADE: Prefeito Rodrigo Neves vistoria obras da nova emergência do Getulinho, que será entregue em junho

GETULINHO03CIDADE – O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, visitou na manhã desta quinta-feira (5) as obras do Hospital Getúlio Vargas Filho, o Getulinho, no Fonseca, Zona Norte da cidade. A obra que tem investimento de R$ 20 milhões, está 90% concluída, e passa, agora, pela fase de acabamento. A unidade terá atendimento de urgência e emergência, internações e cirurgias pediátricas e será entregue em junho.

“Neste contexto geral de crise, Niterói se destaca por estar construindo escolas e hospitais. Nos primeiros dias da minha gestão, reabrimos a emergência pediátrica e agora vamos entregar um hospital novo, moderno e que será referência para todo o Estado do Rio”, destacou Rodrigo Neves. Desde a reabertura da emergência, em 2 de janeiro de 2013, já foram realizados mais de 400 mil atendimentos.

Acompanhado da secretária de Saúde, Maria Célia Vasconcellos, do secretário de Obras, Vicente Temperini, e do presidente da Empresa Municipal de Urbanização, Saneamento e Moradia (Emusa), Ricardo Lanzellotti, o prefeito vistoriou o trabalho e conversou com funcionários.

A recepção se destaca pela árvore centenária – preservada durante a reforma do prédio – que compõe o jardim de inverno. O primeiro andar terá duas salas de classificação de risco para triagem de pacientes, sala vermelha com dois leitos para receber casos graves, quatro consultórios, sala de observação com oito leitos regulares e dois leitos de isolamento, além de salas de assistência social, medicação, nebulização e raio-X.

No segundo pavimento, funcionarão o centro cirúrgico, com três salas de procedimentos, as unidades Intermediária e de Tratamento Intensivo (UTI), com dez leitos, a enfermaria e a parte administrativa. O hospital contará, ainda, com área de lazer externa, banheiros adaptados para portadores de necessidades especiais, rampas de acessibilidade e elevador.

“Além da importância do Getulinho para a Saúde de Niterói, estamos investindo em sustentabilidade e economia verde”, lembrou o prefeito, destacando que unidade terá placas solares para geração de energia elétrica e que a fachada do edifício é composta por janelas com vidros reflexivos, para aliviar o calor e diminuir a necessidade de iluminação artificial. O pé-direito alto também garante maior circulação do ar.

A secretária Maria Célia Vasconcelos explica que o novo Getulinho está adaptado aos protocolos de classificação de risco determinados pelo Ministério da Saúde e segue as recomendações da Política de Humanização do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Com o novo Getulinho teremos um atendimento de melhor qualidade para população de Niterói. Também teremos uma integração entre o hospital e as unidades básicas municipais”, informa Maria Célia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *