CIDADE: Detonações em Charitas voltam a ocorrer a céu aberto na quarta

CIDADE – As detonações do lado de Charitas do túnel da TransOceânica que ligará o bairro à Região Oceânica já ocorrem duas vezes ao dia no interior das galerias. A partir de amanhã, dia 4 de maio, e durante dois meses, teremos dez detonações avulsas. A Defesa Civil acionará alarmes para avisar da detonação. E o dia de cada uma delas será comunicado pela prefeitura com 48 horas de antecedência. 

Os moradores deverão sair de suas moradias a partir das 13h, para a detonação de 14h30min. As pessoas poderão ficar no CIEP no horário da detonação, onde haverá atividades lúdicas para as crianças. As detonações sem necessidade de desocupação dos imóveis continuam diariamente.

O esquema especial de segurança usado até agora também valerá para as dez detonações avuldas. Equipes da Defesa Civil e das áreas de saúde, segurança, trânsito e assistência social ficam no local para acompanhar e esclarecer dúvidas dos moradores da comunidade do Preventório, previamente avisados sobre a mudança nas detonações.

A NitTrans atuará na orientação do trânsito nas ruas próximas, contando com o apoio da Coordenadoria de Trânsito da Guarda Municipal. Agentes da Secretaria de Saúde, ambulâncias da Samu e do Corpo de Bombeiros ficarão de prontidão para qualquer eventualidade.
No lado do Cafubá, as escavações do túnel chegam, atualmente, a 1.800 metros de extensão (900m em cada  galeria). Lá as implosões ocorrem de segunda a sexta-feira, três vezes ao dia.
A TransOceânica terá 9,3 quilômetros de extensão e beneficiará cerca de 80 mil pessoas por dia. Na primeira detonação do túnel pelo lado de Charitas, em novembro do ano passado, o prefeito anunciou que as galerias do túnel terão os nomes do historiador e jornalista Luís Antônio Pimentel, que morreu ano passado, e do ex-prefeito João Sampaio, falecido em 2011.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *