Estado do RJ apresenta maior queda de mortes violentas em 30 anos - Niterói
Polícia

Estado do RJ apresenta maior queda de mortes violentas em 30 anos

O estado do Rio de Janeiro registrou, em fevereiro, os menores números de crimes contra a vida desde 1991, quando teve início a série histórica do Instituto de Segurança Pública (ISP). Os homicídios dolosos caíram 25% quando comparado com o mesmo mês do ano passado. Foram 246 vítimas em fevereiro deste ano contra 326 em fevereiro de 2020 – esse foi o menor valor para o período nos últimos 30 anos . Em relação a janeiro deste ano, a redução foi de 32%, e de 11% em paralelo com o acumulado  do ano (janeiro e fevereiro).

“Isto é reflexo do nosso trabalho para integrar investimento em investigação com inteligência entre as nossas forças de segurança para melhor proteger a população fluminense. Destaco ainda a queda nas ocorrências de roubo de cargas (-16% de fev/20 para fev/19), fundamental para o nosso desenvolvimento, e o trabalho das Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro e da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro para retirar mais de 1272 armas de circulação das ruas, sendo 93 fuzis. Cerca de 22 por dia. Continuaremos construindo uma sociedade mais segura para todos.” comentou o governador em exercício Cláudio Castro.

Outro destaque é a queda no indicador letalidade violenta – soma de homicídio doloso, roubo seguido de morte, lesão corporal seguida de morte e morte por intervenção de agente do Estado. Em fevereiro, o indicador registrou o menor valor para o mês desde 1991: 409 em 2021 e 502 em 2020. As mortes por intervenção de agente do Estado diminuíram 10% em fevereiro.

Em dois meses, as polícias Civil e Militar retiraram de circulação cerca de 22 armas de fogo por dia no estado, contabilizando um total de 1.272 armas. Destas, 93 eram fuzis.

Os crimes contra o patrimônio também apresentaram resultados significativos nos dois primeiros meses do ano. Os roubos de rua (roubo a transeunte, roubo em coletivo e roubo de aparelho celular), de carga e de veículo reduziram, respectivamente, 32%, 27% e 28% em 2021.

É importante salientar que um estudo divulgado pelo ISP, em outubro, mostrou que a queda nos roubos de carga não tem correlação estatística com o isolamento social por conta do coronavírus. Para elaborar o relatório, os analistas do Instituto cruzaram dados dos usuários do Google com os registros de ocorrência da Secretaria de Estado de Polícia Civil.

Principais indicadores:

 ▪ Homicídio doloso: 607 vítimas no primeiro bimestre de 2021 e 246 em fevereiro – estes foram os menores valores para o mês e para o acumulado do ano desde 1991. Na comparação com 2020, o indicador registrou redução de 11% em relação ao acumulado do ano e de 25% em relação a fevereiro de 2020.

▪ Crimes violentos letais intencionais (homicídio doloso, roubo seguido de morte e lesão corporal seguida de morte): 638 vítimas no primeiro bimestre de 2021 e 262 em fevereiro – estes foram os menores valores para o mês e para o acumulado do ano desde 1999. Na comparação com 2020, o indicador registrou redução de 10% em relação ao acumulado do ano e de 22% em relação a fevereiro de 2020.

▪ Letalidade violenta (homicídio doloso, roubo seguido de morte, lesão corporal seguida de morte e morte por intervenção de agente do Estado): 934 vítimas no primeiro bimestre de 2021 e 409 em fevereiro – este foi o menor valor para o mês desde 1991. Na comparação com 2020, o indicador registrou redução de 9% em relação ao acumulado do ano e de 19% em relação a fevereiro de 2020.

▪ Morte por intervenção de agente do Estado: 296 mortes no primeiro bimestre de 2021 e 147 em fevereiro. Na comparação com 2020, o indicador registrou redução de 8% em relação ao acumulado do ano e de 10% em relação a fevereiro de 2020.

▪ Roubo de carga: 714 casos no primeiro bimestre de 2021 e 351 em fevereiro. Na comparação com 2020, o indicador registrou redução de 28% em relação ao acumulado do ano e de 16% em relação a fevereiro de 2020.

▪ Roubo de rua (roubo a transeunte, roubo de aparelho celular e roubo em coletivo): 12.718 casos no primeiro bimestre de 2021 e 6.282 em fevereiro. Na comparação com 2020, o indicador registrou redução de 32% em relação ao acumulado do ano e de 31% em relação a fevereiro de 2020.

▪ Roubo de veículo: 4.504 casos no primeiro bimestre de 2021 e 2.172 em fevereiro. Na comparação com 2020, o indicador registrou redução de 27% em relação ao acumulado do ano e de 26% em relação a fevereiro de 2020.

Os dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) são referentes aos registros de ocorrência lavrados nas delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro no mês de fevereiro.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top