Clube da Cachaça: Especialista fala sobre Harmonização Orofacial

Imagina um espaço só para elas, regado por boa bebida, novas amizades e, melhor, com dicas de saúde e bem-estar! É nesse clima que acontece o Clube da Cachaça, idealizado pela produtora Cacau Dias, que reúne mulheres interessadas em estar juntas apreciando os momentos com um bom destilado no restaurante Noi, em São Francisco, espaço que acolheu o grupo de mulheres antenadas.

Nessa edição, a ser realizada no dia 26 de setembro (quinta-feira), será possível conhecer sobre uma técnica revolucionária conhecida como Harmonização Orofacial. Para falar sobre o assunto durante o talk show foi convidado o cirurgião-dentista Eduardo Picanço, um profissional com uma bagagem comprovada nesse método. E ele promete, em uma conversa bastante esclarecedora, falar com propriedade sobre um assunto que está na lista do dia de cada mulher que entende a importância de cuidar da sua saúde física e mental.

Diretor científico da Academia de Odontologia do Rio de Janeiro e chefe de equipe do Instituto Brasileiro de Implantodontia, o cirurgião-dentista é sócio-diretor do Centro de Reabilitação Oral, Medicina & Estética (CROME). Com uma trajetória dedicada não somente no atendimento a pacientes, como também no papel de multiplicador de conhecimento, ministrando inúmeras palestras no Brasil e no exterior, Dr. Eduardo Picanço reflete que o objetivo do tratamento deve ser um só, o de envelhecer com dignidade. 

Preocupado em ter uma visão holística da paciente, o especialista defende a necessidade de uma conversa atenta para entender quais são as expectativas reais daquela pessoa. Além disso é importante explicar os procedimentos aos quais ela irá se submeter, sobretudo, quanto aos resultados esperados. Conforme o Dr. Eduardo Picanço explica “muitas vezes o problema não é a boca, mas a não aceitação dessa paciente por algum problema no seu dia a dia”. Por isso, é preciso estar sensível às reais necessidades da pessoa.

Com relação à faixa etária ideal para se submeter a qualquer tipo de tratamento, ele é categórico ao afirmar que deve ser iniciado aos 25 anos de idade. Porém, é a partir dos 35 anos que a atenção precisa ser redobrada devido ao processo natural de envelhecimento. Sobre a eficácia de procedimentos como a harmonização orofacial, o cirurgião-dentista deu o seu parecer de profundo conhecedor do assunto. “A harmonização orofacial foi criada para proporcionar que as pessoas envelheçam com dignidade. A ideia é frear os valores cumulativos relacionados a stress e outros fatores desencadeantes”, explicou.

Sobre o Dr. Eduardo Picanço

Mestre em Reabilitação Oral e Implantodontia, o cirurgião-dentista Eduardo Picanço tem um extenso currículo na odontologia. Sendo CEO do Self Manager- Sistema de Gestão Inteligente, ele é diretor científico da AORJ – Academia de Odontologia do Rio de Janeiro, Imortal pela AcBO – Academia Brasileira de Odontologia (cadeira 16), Imortal pela AORJ – Academia de Odontologia do Rio de Janeiro (cadeira 10),  Fellow Ellect pela ADI – Academy of Dentistry International , Faculty pelo MARC INSTITUTE – Miami Anatomic Research Center, sócio- diretor do CROME – Centro de Reabilitação Oral, Medicina & Estética.

Chefe de equipe no IBI – Instituto Brasileiro de Implantodontia (2004-2010), Coordenador do curso de Especialização em Implantodontia no IOM – Instituto de Odontologia Multidisciplinar (2010-2017), Delegado Regional RJ da SBTI – Sociedade Brasileira de Toxina Botulínica e Implantes Faciais e Coordenador regional RJ do projeto social Dentistas do Bem.

Reservas de vagas pelo telefone whatsapp 99956-5000.

Serviço

Clube da Cachaça – Harmonização Orofacial

Data: 26 de setembro, às 19h.

Endereço: Noi São Francisco – Av. Quintino Bocaiúva, 201 – São Francisco, Niterói – RJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *