Tardezinha em Niterói está chegando

O principal evento de samba/pagode do país fará pausa por tempo indeterminado, mas deixará frutos para o público com o seu projeto “Do Bem”.

A primeira e última edição da Tardezinha em Niterói está chegando! O evento acontece no Caminho Niemeyer, dia 06 de outubro, e será apresentado em seu maior formato: o Surreal. O cenário às margens da Baía de Guanabara, vai receber uma estrutura inédita: palco 360° com vista para o Cristo Redentor, Ponte Rio-Niterói, e com certeza, um belíssimo por-do-sol! Os interessados em participar da Tardezinha Surreal Niterói devem correr, pois os ingressos costumam esgotar em todas as cidades por onde o evento passa!

O cantor Thiaguinho não estará sozinho nessa! Além de contar com a presença do ator Rafael Zulu como mestre de cerimônias, a Tardezinha Surreal Niterói contará também com as participações especiais de Rodriguinho, Sagadinho e Vitin (Onze20).

Além disso, o evento pretende ajudar ao próximo e ao meio ambiente. “Todas as edições de 2019 serão ‘do bem’. Encontramos nesse evento, que sempre fez tanto sucesso, uma forma de ajudar e retribuir todo o carinho que recebemos do público”, revela Thiaguinho.

Novidades para 2019
Diversas medidas foram adotadas para o ano de despedida do projeto. A primeira delas é o “Ingresso do Bem”, que reverte R$5 do total do valor de cada bilhete para um fundo de sustentabilidade, que também ajudará famílias em necessidade, escolas, creches, animais abandonados e oficinas de música em áreas carentes.

Além disso, passará a ser obrigatória a doação de 1kg de alimento não perecível para entrada no show. Tudo que for arrecadado será doado a instituições da cidade que estiver recebendo a Tardezinha.

Visando colaborar com a preservação do meio ambiente e com a redução de lixos plásticos, será incentivado o uso de copos reutilizáveis no evento. E mais: todo o lixo produzido no evento será separado para reciclagem. A produção também calculará a quantidade de CO² emitida pelo show e fará uma compensação ambiental.

E as novidades não param por aí! Será criado o aplicativo Tardezinha. Os assinantes terão acesso a conteúdo exclusivo, músicas inéditas e postagens dos bastidores do evento. Todo o valor da mensalidade do app também irá para o fundo, que terá sua verba revertida em ações para a população.

INGRESSOS AQUI + 

Sobre a “Tardezinha”
Há quatro anos, Thiaguinho deu início a um dos eventos de maior sucesso do Brasil: a “Tardezinha”. O projeto foi idealizado em parceria com o amigo e ator Rafael Zulu. “Tudo começou quando eu estava gravando um programa, todo domingo à noite, no Rio de Janeiro. Conversei com o Zulu e pensamos em fazer um pagode aos domingos de tarde, que era o horário que eu tinha livre. E assim surgiu a Tardezinha (risos)!”, conta Thiaguinho. O projeto, que inicialmente seria apenas aos domingos, no Rio de Janeiro, acabou conquistando outras datas e cidades na agenda do cantor.

O palco 360°, mais intimista, foi responsável por promover grandes encontros. Thiaguinho recebeu cantores como Rodriguinho, Alexandre Pires, Belo, Ferrugem, Ludmilla, Rael, Marcelo D2, Di Ferrero, Jorge Vercillo e Léo Santana. O artista atribui parte do sucesso à escolha do repertório: clássicos do samba e do pagode da década de 90 e dos anos 2000. “São músicas que crescemos ouvindo e que estão na nossa memória, que todo mundo sabe cantar. É por isso que as pessoas gostam tanto da Tardezinha!”, afirma o cantor, que já lançou dois álbuns inspirados no evento e tem planos de gravar o terceiro, tamanho sucesso que foi “Tardezinha” e “Tardezinha – Volume 2”. Em menos de 12 horas, os álbuns entraram para o ranking dos mais vendidos do Brasil.

Depois de quatro anos de sucesso absoluto, mais de 200 edições, mais de 40 cidades percorridas e ingressos esgotados, Thiaguinho anuncia que fará uma pausa por tempo indeterminado no projeto. “Não é o fim da Tardezinha. O evento é um sucesso no Brasil inteiro e eu fico muito agradecido por tudo que ele me proporcionou. No momento, eu preciso dessa brecha na agenda para pensar em novos projetos, composições e fazer ainda mais música”, avisa o cantor. Neste último ano, o evento rodará o Brasil e fará sete edições “surreais”, que possuem maior duração e possuem capacidade para 15 mil pessoas. As cidades escolhidas são: Fortaleza (15/06), Belém (16/06), Vitória (21/07), Salvador (04/08), Brasília (21/09), Niterói (6/10) e Belo Horizonte (01/12).

Em 2020, os alimentos e a quantia arrecadada ao longo de 2019 serão doados e o plantio de árvores será feito. “Os frutos da Tardezinha continuarão mesmo após essa pausa. É um projeto lindo e que ficará para a posteridade”, afirma Thiaguinho.

Foto: Divulgação/Felipe Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *