Rodrigo Neves tem a prisão revogada

Rodrigo Neves teve a sua prisão revogada por seis votos a um, desembargadores do TJ-RJ aceitaram o recurso da defesa. A decisão foi tomada pelo 3º Grupo de Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça do Rio, nesta terça-feira (12). Neves poderá voltar ao cargo. A medida beneficiou também outros acusados, Domício Mascarenhas de Andrade, João Carlos Felix Teixeira e João dos Anjos Silva Soares.

Medidas cautelares terão que ser cumpridas pelos acusados, não poderão deixar a cidade de Niterói por mais de oito dias sem autorização do juízo, não poderão sair do estado ou do país, terão seus passaportes recolhidos e não poderão manter contato entre eles nem com as testemunhas arroladas pelo Ministério Público.

Rodrigo Neves foi preso no dia 10 de dezembro do ano passado, pela Operação Alameda, um desdobramento da Lava Jato.

Pedidos de vista adiam julgamento de denúncia do Ministério Público e delação premiada

O desembargador Paulo Baldez, que integra o 3º Grupo de Câmaras Criminais, pediu vista e foram adiados os julgamentos do recebimento de denúncia do Ministério Público e da homologação da delação premiada.

Foto: Arquivo / Ohanna Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *