Polícia faz ação em São Gonçalo para prender PMs acusados de roubo de carga

As polícias civil e militar fazem hoje (13) uma operação conjunta para cumprir 14 mandados de prisão contra policiais militares do Batalhão de São Gonçalo (7º BPM), na região metropolitana do Rio de Janeiro. Também estão sendo cumpridos 55 mandados de busca e apreensão.

Os policiais são suspeitos de desviarem uma carga roubada que deveria ter sido apreendida e apresentada à Polícia Civil. O caso ocorreu em maio deste ano, depois que caminhões de um frigorífico carregados de carne foram roubados em São Gonçalo. Os policiais localizaram os criminosos quando eles tentavam descarregar os veículos.

Os bandidos fugiram, deixando a carga, mais de 11 toneladas de carne, para trás. Ao registrar o caso na delegacia, no entanto, os policiais militares disseram que só conseguiram recuperar uma pequena parte da carga e apresentaram à Polícia Civil apenas 180 quilos de carne.

O restante, segundo a Polícia Civil, foi desviado em benefício dos próprios policiais militares. O caso só foi descoberto durante a investigação da morte de um policial militar durante outro roubo de carga ocorrido posteriormente, quando os investigadores conseguiram as imagens da ação dos PMs do Batalhão de São Gonçalo.

Os suspeitos responderão pelo crime de peculato – desvio.

PM morto

A operação pretendia cumprir 14 mandados de prisão preventiva. Desse total, 12 já foram detidos, um está foragido e outro, que estava de serviço, ao ser informado preliminarmente sobre sua prisão, se matou no banheiro do batalhão, segundo a PM.

Os acusados responderão pelo crime de peculato de desvio e, se forem condenados, podem pegar de 3 a 15 anos de prisão. Eles também podem ser expulsos da corporação.

Ebc

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *