População vai às ruas e cobra segurança em Niterói

CIDADE – O medo e a insegurança vem tomando conta da população de Niterói. Nas últimas semanas uma onda de assaltos e casos de violência vem acontecendo frequentemente na cidade o que vem mudando a rotina dos moradores que com medo estão inclusive evitando sair de casa principalmente à noite.

O evento chamado “Niterói exige segurança e ações imediatas contra a criminalidade” reuniu moradores da cidade e promoveu um grande ato na Praia de Icaraí na manhã deste domingo (09), cobrando medidas efetivas em curto prazo contra a violência em Niterói.

O evento foi organizado pelo movimento “Politicamente Incorreto” e teve o apoio do Vereador Carlos Jordy (PSC).

 

Pacote de medidas anunciadas pela prefeitura

Durante a semana a prefeitura de Niterói anunciou um pacote de medidas para melhoria da segurança na cidade. Dentre as ações estão o “Niterói Mais Segura” inspirado na ação “Centro Presente”, uma parceria na capital entre o Estado e a Fecomércio que em Niterói será desenvolvido inicialmente no Centro e Icaraí em parceria com instituições do comércio da cidade, como a Câmara de Diretores Lojistas (CDL), Sindilojas e Associação Comercial de Niterói. A implantação do Niterói Mais Segura segundo a Prefeitura vai permitir a presença de mais 200 policiais por dia atuando já a partir de agosto, o patrulhamento será feito por grupos de três homens, dois deles policiais militares armados, com apoio de um ex-militar do Exército, que filmará todas as ações de abordagem. A administração Municipal também assinou um convênio com o Governo do Estado para que policiais de batalhões como Choque e Bope atuem na cidade em seus horários de folga. O Município vai disponibilizar R$ 3,5 milhões que viabilizarão ações estratégicas de combate à violência. Outras medidas anunciadas são a realização da consulta pública sobre armamento da Guarda Municipal, que está prevista para ser realizada na segunda quinzena de outubro em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil e o Conselho Comunitário de Segurança da cidade, a ampliação do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) para as escolas estaduais de Niterói, a aquisição de dez novas patrulhas para a Guarda Municipal para ampliação do programa Patrulha Escolar e o incremento do Programa de Saúde Mental de atendimento a dependentes de álcool e drogas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *